Vendedor de frutas que teve carrinho derrubado por policial é preso; autoridades explicam

Em menos de 24 horas uma história está tendo reviravoltas sem precedentes. Após ser humilhado e ter seu carrinho de frutas derrubado por um policial militar, o vendedor acabou preso.

O caso começou ontem, dia 27, com a divulgação das imagens que mostram um policial militar derrubando o carrinho de frutas e legumes do vendedor, que chora logo depois. As imagens causaram indignação em muita gente. Com a ampla divulgação da história, hoje, dia 28, os policiais foram afastados. Contudo, novas informações sobre o histórico do vendedor fizeram algumas pessoas mudarem de opinião

Foi revelado que, quando menor de idade, o vendedor João Vitor tinha passagens pela polícia por tentativa de homicídio e organização criminosa. Porém, acreditava-se que ele não teria nenhuma pendência mais com a justiça e estava tentando retomar a sua vida honestamente. Entretanto, no final dessa tarde ele acabou preso pois ainda estaria devendo explicações sobre um crime de 2019. O Secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa, explicou a situação:

“João Vitor Silva Moreira (20) foi preso hoje por mandado de prisão de homicídio tentado em 12/2019, em Fortaleza, crime no qual foi denunciado pelo MP. João tinha mandado de apreensão prescrito por homicídio consumado, quando o corpo foi carbonizado num trilho em 06/2017.”

A prisão gerou ainda mais discussões sobre o caso, que mudou da água para o vinho em apenas um dia.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: