Aos 18 anos, morre a cantora Jamyle Magalhães

Três passageiros estavam no carro na hora. Uma dessas pessoas era justamente a cantora, Jamyle Magalhães, de 18 anos.

De acordo com informações preliminares, o motorista  da kombi onde estava Jamyle e outras 3 pessoas teria perdido o controle do veículo e acabou capotando e atingindo dois postes de energia logo em seguida em Paulista, Região Metropolitana do Recife. O socorro foi acionado e os feridos encaminhados ao hospital. Contudo, apesar dos esforços da equipe médica, Jamyle não resistiu. Mas não termina aí.

Além disso, as autoridade afirmaram que o motorirsta teria saído do local sem prestar socorros. A Polícia afirmou o seguinte:

“A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO, registrou no dia 15.01, através da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil – Paulista, uma ocorrência de Acidente de Trânsito com Vítima Fatal e Omissão de Socorro, na PE-22, município de Paulista. A vítima fatal, uma mulher, com 18 anos, estava com outras pessoas num veículo utilitário quando este perdeu o controle e colidiu. Todos os feridos foram socorridos. O motorista deixou o local do acidente sem prestar socorro aos envolvidos. Um inquérito policial foi instaurado e outras informações poderão ser fornecidas após a completa elucidação.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Segundo advogada, suspeito confessou o crime para “aliviar o coração” da mãe da menina Beatriz

A advogada deu informações sobre o que o acusado pensa. Ele teria dito para aliviar o coração da mãe da menina

Desde 2015, a mãe da menina Beatriz busca respostas sobre quem teria tirado a vida da filha durante um evento numa escola privada em Petrolina. Então,  as autoridades descobriram que havia material genético de Marcelo na faca que foi deixada no tórax de Beatriz.  Diante disso, Marcelo,  que já estava no sistema prisional desde 2017, confessou o crime. De acordo com a advogada dele, Marcelo teria dito isso para acalmar o coração da mãe de Beatriz. A defensora afirmou o seguinte:

“Ele disse que quer ver a mãe [da menina] para pedir perdão. Porque ele disse que foi uma de uma monstruosidade muito grande e quer pagar pelo que fez. Depois que ele viu o drama da mãe, ele disse que quis contar para aliviar o coração dela, para ficar em paz. Ele usa essa expressão: ‘eu quis aliviar o coração dela para ela ficar em paz. Que realmente o culpado sou eu”. Como ele é réu confesso, eu estou aqui para fazer com que a lei seja cumprida. O meu compromisso é com o processo. A gente aqui está para defender os direitos. Como ele repetiu as mesmas coisas duas vezes, creio realmente que foi ele quem fez”

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Aos 64 anos, morre a atriz Françoise Forton, no Rio de Janeiro

Uma triste notícia está sendo destaque neste domingo (16). Aos 64 anos, faleceu a atriz Françoise Forton, no Rio de Janeiro, na Clínica São Vicente, onde estava internada.

A atriz era casada com o Eduardo Barata, mãe de Guilherme Forton Viotti.

Durante sua carreira, contracenou em mais de 40 novelas como “Estúpido cupido” (“1976”), “Bebê a bordo” (1988), “Tieta” (1989), “Meu bem, meu mal (1990), “Perigosas peruas” (1992), “Explode coração” (1995), “O clone” (2001) e “I love Paraisópolis” (2015). Sua estreia na televisão se deu com a novela “A última valsa”, da Rede Globo, em 1969.

A causa da morte ainda não foi revelada.

Categoria(s): Destaque.

Françoise Forton morre aos 64 anos no Rio

 

A atriz Françoise Forton morreu aos 64 anos neste domingo (16), no Rio.

Esta notícia está em atualização.

Françoise Forton nasceu no Rio de Janeiro no dia 8 de julho de 1957, filha de pai francês e mãe brasileira.

Em mais de cinquenta anos de carreira na TV, fez inúmeras novelas, como “Estúpido cupido” (“1976”), “Bebê a bordo” (1988), “Tieta” (1989), “Meu bem, meu mal (1990), “Perigosas peruas” (1992), “Explode coração” (1995), “O clone” (2001) e “I love Paraisópolis” (2015).

Sua estreia foi em 1969, na novela “A última valsa”, da Globo.

G1

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.