Deputado acusado de passar a mão em colega é afastado de seu partido e ela denuncia: “Ainda estava bêbado”

Uma situação complicada tomou conta da Assembleia Legislativa nessa sexta-feira. Isso porque um deputado acabou afastado do partido após uma gravação. Mas afinal, o que aconteceu?

Na última quarta-feira, o deputado estadual Fernando Cury acabou gravado enquanto passava a mão no seio da deputada Isa Penna (PSOL), na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Nas imagens, ele aparece se aproximando pelas costas da deputada. Então, em seguida é possível ver que ele estende o braço e passa a mão na cintura e no seio da colega. Diante da situação, a deputada Isa Penna se afasta de imediato, demonstrando claro desconforto. O caso se tornou um dos mais comentados da semana, causando revolta dentro da assembleia e também nas redes sociais.

Após tamanha repercussão, o partido Cidadania afirmou que afastou Cury  “de todas as funções diretivas partidárias, em todas as instâncias, bem como de todas as funções exercidas em nome do Cidadania, inclusive junto à Alesp.” Mas não é só isso.

Agravando ainda mais a situação de Cury, a deputada Isa Penna afirmou que ele estava bêbado quando o episódio aconteceu. Ela também registrou um boletim de ocorrência contra o deputado, o denunciou e pediu a cassação do mandato. O parlamentar respondeu, em nota, que ainda não recebeu oficialmente a informação do afastamento do partido. Além disso, ele também afirmou que dará a sua versão dos fatos, exercendo seu direito de defesa.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: