Último adeus a Anderson Leonardo: Velório do vocalista do Molejo será neste domingo (28) no Rio

O adeus a Anderson Leonardo, vocalista do Molejo, será marcado por um momento de comoção neste domingo (28), das 11h às 15h30, na capela 9 do Cemitério Jardim da Saudade de Sulacap, no Rio. A confirmação veio através do Instagram oficial da banda. Aos 51 anos, o músico nos deixou nesta sexta-feira (26), após uma árdua batalha contra o câncer. Os integrantes do grupo expressaram seu pesar pela partida do vocalista:

“Nosso guerreiro travou uma luta incansável, mas, infelizmente, foi superado pelo câncer. Ele será eternamente lembrado por sua genialidade, coragem e amor à música e ao MOLEJO. Sua presença luminosa iluminava a todos ao seu redor, e sua ausência será profundamente sentida e nunca esquecida. Nós te amamos”, declarou o grupo Molejo.

Anderson Leonardo estava internado no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Após enfrentar um câncer inguinal em outubro de 2022 e ser declarado curado três meses depois, ele recebeu um novo diagnóstico da doença, desta vez nos testículos, em maio de 2023, e estava em tratamento desde então.

O músico foi hospitalizado em setembro devido a uma embolia pulmonar e, embora tenha sido transferido para a UTI, recebeu alta após 11 dias. No final de fevereiro, Anderson foi ao hospital com fortes dores após um show e passou por um tratamento alternativo, incluindo um bloqueio de plexo nervoso gástrico para lidar com as dores crônicas.

Desde 22 de abril, Anderson estava na UTI lutando contra o câncer, necessitando de doações de sangue devido à gravidade de seu estado de saúde.

Personalidades como Thiago Martins, Carla Perez e Geraldo Luís se uniram em luto pela partida do cantor. “Ele batalhou até o último instante, com bravura. O sofrimento acabou? Que Deus o receba do outro lado desta vida que continua”, expressou o apresentador.

Ainda não há informações sobre o local do sepultamento.

Nascido em 18 de agosto de 1972, no Rio de Janeiro, Anderson Leonardo se juntou ao Molejo na década de 80, testemunhando o sucesso estrondoso de “Caçamba”, que levou o grupo de pagode às paradas de sucesso. Outros hits como “Brincadeira de Criança”, “Dança da Vassoura”, “Cilada” e “Paparico” solidificaram sua posição como um dos mais destacados artistas do gênero.

Além de sua atuação como vocalista, Anderson Leonardo era reconhecido por seu talento como compositor.

O artista deixa sua esposa, a administradora Paula Cardoso, e seus quatro filhos: Leozinho Bradock, Alissa, Rafael Phelipe e Alice.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Reprodução