Sérgio Meneguelli, prefeito de Colatina, reclama de serviços públicos de saúde: “senti na pele”

Um vídeo inusitado circulou nas redes sociais na manhã dessa quarta-feira (16). O atual prefeito da cidade de Colatina, no Espírito Santo, Sergio Meneguelli é flagrado na fila de espera de entendimento do SUS. Quando questionado sobre o autor do vídeo, o prefeito desabafou:

“olha o que é o SUS no Brasil, um ano e dois meses esperando uma consulta e hoje eu vim pra cá cedinho e agora já são 9 (da manhã) e olha o tamanho da fila. Mas é bom a gente sentir na pele. Eu poderia pagar uma consulta, mas seria a maior injustiça do mundo quem governa a saúde ter privilégio.”

“É fácil ficar numa fila? Não é, mas sofre é diferente de ver sofrer.”, completou O prefeito ainda convidou outros governantes como o secretário e o ministro da saúde para se pôr também na situação da população “sentir na pele”.

O prefeito diz que a população quis dar o lugar na fila ao prefeito para que ele pudesse ser atendido primeiro, mas ele recusou.

Além disso, Sérgio demonstrou-se esperançoso na melhora da saúde pública do país: “com fé em Deus, um dia isso vai mudar.”

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Sergio Meneguelli recebe presente de reconhecimento pelo dia em ajudou cidade vizinha atingida por fortes chuvas

A essa altura do campeonato, você já deve ter ouvido falar do prefeito Sérgio Meneguelli. Por várias vezes ele surpreendeu a população por sua postura simples. Ir para a prefeitura de bicicleta, comer marmitex no calçadão e esperar na fila do SUS foram apenas algumas das atitudes de destaque do gestor. Contudo, uma história chamou ainda mais atenção. Mas o que ele fez?

Durante o ano passado, fortes chuvas atingiram diversas regiões do Brasil e arrasaram várias cidades. Então, sem hesitar, Meneguelli viajou mais de 200 Km para ajudar uma cidade vizinha que fora atingida. Naquele dia, inúmeras estruturas públicas e ruas haviam sido destruídas e várias pessoas perderam as vidas. Entretanto, ele não foi até lá prestar apenas apoio logístico ou para dar ordens. O prefeito foi para a linha de frente, junto com os trabalhadores, se sujou de lama e colocou a mão na massa. Na época, a história chamou muito a atenção e recebeu ampla divulgação. Agora, ele ganhou um presente por conta disso.

“Reencontrei um amigo que havia encontrado lá em Iconha. Ele estava com a gente lá naquele mutirão, que infelizmente aconteceu aquela tragédia lá. Naquele dia, ele falou: Prefeito, eu sei que o senhor gosta de bicicletas, eu tenho uma raridade lá em rio das ostras, e quando o você for lá pra aquela região, eu vou lhe mostrar. E agora eu tô aqui búzios, ele é amigo do senhor que me hospedou aqui, me perguntou se eu lembrava dele e me disse: ‘ó eu quero te dar aquela bicicleta de presente!’ Olha isso aqui é uma raridade. Quando era novinho, eu era doido para ter uma dessas e agora ó…Deus é tão justo. Para mim é como se eu tivesse ganhando um carro!”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.