Eduardo Pazuello pede adiamento de seu depoimento a CPI alegando suspeita de Covid-19

Nesta terça-feira (4), o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no senado, Omar Aziz (PSD-AM), comunicou durante a abertura da sessão que o depoimento do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, deve ser adiado.

Usando como justificativa para o adiamento um possível contato com pessoas suspeitas de covid-19, Pazuello comunicou à comissão que não deve comparecer presencialmente ao seu depoimento, marcado para esta quarta-feira (5).

“Pazuello teve contato com dois coronéis, auxiliares deles, que estão com Covid. Segundo a informação que eu tenho, ele vai entrar em quarentena”, disse Aziz durante sessão da comissão desta terça. “É informação extraoficial, eu avisei que preciso da comunicação oficial”, concluiu.

A informação foi divulgada antes do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta iniciar seu depoimento. A expectativa ainda é que o depoimento de Mandetta seja um dos mais relevantes da Comissão, que investiga eventuais omissões do Governo Federal.

Ainda nesta terça-feira, Nelson Teich também deverá prestar esclarecimentos à CPI. Ambos estarão presencialmente na sala e serão ouvidos na condição de testemunhas. Mandetta deixou o cargo ainda no início da pandemia, em meados de abril de 2020. À época, o Brasil registrava 1.924 mortes. Já o médico Nelson Teich, que sucedeu Mandetta, ficou menos de um mês no ministério.

Vale lembrar que Pazuello já foi contaminado pela Covid-19 e ficou afastado do Ministério da Saúde no período de recuperação. Além disso, no último final de semana, ele chegou a participar de uma reunião reservada dentro do Palácio do Planalto com assessores do Governo Federal e cumpriu agenda pública.

No domingo (25/4), Pazuello foi flagrado passeando sem máscara pelo Manauara Shopping, localizado em Manaus – Amazonas. Clientes do empreendimento perguntaram ao, agora, integrante da pasta Secretária-geral do Exército da Saúde sobre o equipamento de proteção individual, e ele teria rebatido com ironia.

“Pois é tem de comprar, sabe onde tem pra vender?”

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Em conversa virtual com apoiadores, Bolsonaro diz que irá até “as últimas consequências”

Neste domingo (2), o presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido), em conversa com apoiadores, afirmou em tom de campanha eleitoral que irá até “as últimas consequências” para o país não ser prejudicado, segundo ele, “por decisão de uma minoria”.

Em conversa com apoiadores, o presidente participou virtualmente de uma carreata pró-Bolsonaro em Cuiabá, no Mato Grosso.

“Podem ter certeza que vocês têm uma pessoa que tudo fará para que nós, povo brasileiro, não sejamos prejudicados por decisão de uma minoria aqui no Brasil. Nós iremos às últimas consequências”, disse.

“Confio no povo brasileiro, confio em vocês, para mudarmos a atual situação em que nos encontramos. O nosso Exército é o povo brasileiro e a vocês, nós devemos lealdade absoluta”, prosseguiu Bolsonaro.

A manifestação foi organizada pelos movimentos “Direita Mato Grosso” e “Brasil 38”. Eles saíram de casa em apoio ao governo Jair Bolsonaro e pedem voto impresso auditável para as eleições presidenciáveis de 2022.

A participação de Bolsonaro na carreata foi publicada no perfil do ex-deputado federal Victório Galli, que disse ter recebido a ligação do chefe do executivo.

Galli é presidente estadual do Patriotas. Ele também foi assessor especial da presidência da República, mas foi exonerado em junho de 2019 após ser condenado a pagar R$ 100 mil a título de danos morais, por causa de manifestações preconceituosas contra homossexuais.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Maria Ribeiro revela que divergência política motivou de fim do casamento com Caio Blat: “O Caio votou no Aécio”

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta tarde de sábado (1). A atriz Maria Ribeiro revelou à mídia o porquê do seu casamento com o ator Caio Blat, que durou mais de 10 anos, chegou ao fim em 2017. Ela afirmou que o posicionamento político de Caio acabou gerando desgaste na relação: “Sempre achei que dava para cada um do casal votar em uma pessoa. Mas, em 2014, o Caio votou no Aécio [Neves]”.

“Eu falei: ‘C*****’. Posso achar a Dilma sem talento nem para ser síndica, mas acho que é aquela coisa ‘por baixo da pedra’ do (Fernando) Pessoa: tem uma parada que é do mal e outra que é do bem. Impressionante como a política foi ocupando tudo, né?”, continuou.

Ainda em entrevista, a atriz afirmou que seu posicionamento político se desenvolveu durante seu relacionamento com Paulo Betti. “Casei com Paulo com 21 anos, ele tinha 44. O cara só falava de política, a onda dele na vida é essa. Mais que amor, paternidade. Política é o tesão dele”, finalizou.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Por unanimidade o STF aceita denuncia contra o deputado Daniel Silveira

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (29).  O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem, por unanimidade, aceitar a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), assim, tornando o deputado réu no âmbito do inquérito que investiga atos antidemocráticos.

Por 10 votos a 1, foi decidido também não analisar nesta quarta-feira (28) o pedido do deputado de revogação da prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica. Ainda não há data para julgamento de recurso da defesa com esse pedido.

Daniel Silveira foi detido, em fevereiro, por ter publicado um vídeo no qual defende o AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e a destituição de ministros do STF. As duas reivindicações são tidas como inconstitucionais.

Com o recebimento da denúncia, Daniel Silveira se torna réu e passa a responder a processo criminal perante o Supremo, em razão do foro privilegiado.

Ele poderá apresentar defesa e, depois de colhidas provas e ouvidas testemunhas, ocorre o julgamento para determinar se é culpado ou inocente.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.