Pai e filho se juntam para colher abacate e morrem após levar descarga de choque elétrico

Uma notícia muito triste está circulando nas redes sociais neste final de semana. Pois, pai e filho faleceram após receberem uma descarga elétrica na madrugada deste domingo (25/4). Segundo testemunhas, eles estavam tentando colher abacate. O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), fez todos os procedimentos necessários para tentar socorrer o pai e o filho, mas ambos não resistiram.

Segundo o portal Metrópoles, os Bombeiros informaram que o pai foi identificado como, Paulo, 49 anos, e seu filho 17. Eles se juntaram para ir até um local que ficava ao lado da escola, para colher abacates, porém o instrumento que ele estava usando para colher os frutos, tocou na rede elétrica. Em seguida, Paulo e seu filho foram surpreendidos por uma descarga elétrica, que fez com que ambos perdessem a consciência e em seguida entrassem em uma parada cardiorrespiratória. 

De acordo com o portal, o acidente ocorreu ao lado do Colégio Centrão, em Taguatinga do Sul. O Corpo de Bombeiros, ao chegar no local, tentou socorrer Paulo, mas ele veio a óbito, após 45 minutos de procedimento de reanimação. Já o seu filho, após 38 minutos, foi reanimado  e encaminhado urgentemente para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), utilizando uma ambulância do Samu.

Ainda de acordo com o portal,após chegar ao hospital, o adolescente teve outra parada cardíaca, falecendo em seguida.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Pai e filho são assassinados após saírem de presídio no interior da Paraíba; a dupla respondia por homicídio em outra cidade

Uma notícia assustadora chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (14). Pai e filho foram assassinados nesta manhã de hoje (14), na cidade de Araruna, no Brejo da Paraíba.

José Pontes Sobrinho, 66 anos, e Antônio Edvan de Araújo Pontes, 39 anos, tinham acabado de deixar uma cadeia pública em uma motocicleta quando foram abordados por bandidos, que efetuaram diversos disparos contra a dupla.

De acordo com a Polícia Militar da cidade, as vítimas respondiam um processo por homicídio na cidade de Pirpirituba, também no Brejo paraibano.

Eles cumpriam pena no presídio de Guarabira, mas foram transferidos para Araruna.

Os policiais encontraram os corpos em frente a uma cerca de arame farpado com marcas de diversos disparos. A dupla morreu na hora.

Assim, os agentes ainda investigam o caso e buscam suspeitos pela autoria do crime. Até o momento, ninguém foi preso.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.