Homem é preso após tentar tirar própria enteada de 2 anos de idade

Neste sábado (1º), uma notícia tem causado revolta na população. Isso, porque um homem foi preso após tentar matar a própria enteada, um bebê de dois anos de idades, com agressões físicas.

O fato ocorreu na última segunda feira (26) em Betim, na grande Belo Horizonte, onde um homem, de 23 anos, é suspeito de ter agredido violentamente a enteada quase a levando a morte. A criança sofreu traumatismo craniano, parada cardíaca e entrou em coma. A polícia efetuou a prisão preventiva do suspeito na última sexta-feira (30)

De acordo com a corporação, o suspeito foi até a delegacia acompanhado de um advogado. Lá, negou que tivesse cometido o crime contra a enteada, porém acabou preso preventivamente. Ao fim do inquérito que investiga o caso, ele pode ser indiciado por tentativa de feminicídio contra a criança.

“No dia do crime, testemunhas relataram que a garota foi violentamente agredida pelo padrasto. Na UPA, foi constatado traumatismo craniano, fratura na costela, queimadura na orelha, bem como diversas lesões na cabeça, face, pescoço e costas; com quadro clínico de coma e parada cardíaca, isto é, risco de morte”, detalhou a delegada Adiadne Elloise Coelho.

A mãe da vítima também é investigada pela Polícia Civil e pode responder pelo crime de omissão de socorro por mais de uma vez. “A criança apresentou lesões que indicam que ela estaria sendo agredida há mais tempo. Acreditamos que desde o final do ano passado esses crimes poderiam estar acontecendo”, informou a delegada, adiantando que ainda restam levantamento a serem realizados para a conclusão do inquérito policial.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Criança de 5 anos precisou ser hospitalizada para passar por cirurgia após padrasto o agredir

Após ser torturado pelo padrasto, Criança de 5 anos precisou ser hospitalizada para passar por cirurgia.

Uma notícia divulgada nesta sexta-feira (22), deixou a população revoltada. Pois ultimamente, vem ocorrendo vários casos de violência infantil, e infelizmente esse é mais um caso. Após sofrer várias torturas pelo padrasto, uma criança de apenas 5 anos, teve que passar por uma cirurgia nesta terça-feira (22/04), em decorrência das violências sofridas.

O crime ocorreu na região de Pão de Açúcar, que fica em Alagoas.. O Hospital de Emergência do Agreste, que recebeu a criança, informou que ela esta internada, mas o estado de saúde é estável.

Crime

Segundo informações do portal Metrópoles, os médicos que estão acompanhando o caso do menino, relataram que a criança, era constantemente agredida e torturada, sendo mantida em cárcere privado, ou seja, quando o indivíduo não tem liberdade para sair. Os profissionais da saúde relataram que a mãe não ligou muito para a situação que estava ocorrendo, e não fez qualquer tipo de acusação contra o padrasto da criança.

Entretanto, a mãe da criança de 5 anos, presenciou uma cena de brutalidade e covardia sendo deferido contra a criança. O menino, estava bastante machucado, precisando urgentemente ser levado para o hospital. Ainda de acordo com o site, as informações são que durante o trajeto, o carro do Samu pegou fogo, porém ninguém ficou ferido.

Mãe e filho foram resgatados no recinto, onde o veículo teria pegado fogo. E em seguida foram encaminhados para  um Hospital de Emergência. O caso se complicou ainda mais, pois a mãe, na hora de contar o que teria acontecido, contou que o filho teria se machucado, ao cair do cavalo. Mas os médicos, observando o estado do corpo da criança, não acreditaram na mulher.

Ainda de acordo com os médicos que estavam de plantão, o menino chegou ao hospital com marcas de ferro quente nas nádegas. E a barbaridade não parou por aí. Os profissionais da saúde constataram que a criança, estava com duas costelas quebradas, os órgão genitais estavam feridos e os olhos estavam bastantes inchados.

Preso

Com toda essa matéria de informação sobre o caso. A Polícia foi comunicada sobre o ocorrido, e o suspeito foi preso. O padrasto da criança, de 27 anos, foi encontrado em casa, dormindo.

O Homem estava no mesmo cômodo da casa que uma criança de 9 anos estava. Os agentes informaram que, ela era a sua enteada, e que assim como a criança de 5 anos, ela também sofria agressões do padrasto. A menina foi encaminhada pelo Conselho Tutelar, a ficar com a avó.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Polícia encontra corpos de padrasto e enteada em um carro; Suspeita é do padrasto ter matado enteado e atentado à própria vida em seguida

Uma trágica notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (16). Um homem, cujo nome é Genivaldo Ferreira dos Santos, de 34 anos, foi encontrado morto dentro de um carro juntamente a enteada, a pré-adolescente Juliana Rosangela da Silva, de 12 anos. Os dois corpos foram encontrados pela Polícia Civil, na PE-177, em Angelim, município de Pernambuco, nesta sexta-feira.

Segundo as informações da polícia, o padrasto matou a enteada e cometeu o suicídio logo em seguida. De acordo com a delegada responsável Priscilla de Lima, a família está em choque. “Falei com a família e todos estão surpresos. O padrasto matou a enteada e se matou logo em seguida”, informou a delegada.

Os agentes seguem investigando o crime e até o momento não se sabe a motivação do crime.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Caso Henry: Mãe e padastro da criança podem ser presos a qualquer momento, segundo advogado

O caso que chocou o país nos últimos dias ganhou mais um capítulo. Na manhã de ontem, segundo a entrevista da RecordTv com o advogado do pai de Henry, o padrasto e a mãe do garoto, Jairinho e Monique, poderão ser presos a qualquer momento pelo suposto crime.

“Já tem elementos suficientes para indício de autoria e materialidade de fato e a cautelar de prisão preventiva é questão apenas de tempo”, disse o advogado.

Isso porque nas buscas feitas na casa de Dr. Jairinho e Monique, a polícia encontrou computadores e celulares que foram levados para investigações. Nesses dispositivos, os investigadores encontraram mensagens apagadas tanto da mãe, como do padrasto. No total, 11 celulares foram apreendidos e em ao menos um dos celulares da mãe, há mensagens suprimidas.

RELEMBRE O CASO

No último dia 08, o garoto Henry Borel, de 4 anos, chegou sem vida a um hospital da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo depoimentos, o menino, que estava na casa da mãe e padrasto, foi encontrado inconsciente no quatro dela, poucas horas depois de retornar da casa do pai, Leniel Borel. Monique e o padrasto, então, levaram o menino ao hospital. Após a confirmação da morte, a perícia constatou múltiplas lesões na cabeça, barriga e rins da criança.

A participação do pai de Henry, Leniel, foi descartadas, pois para os policiais caso as lesões fossem provocadas por ele, o menino teria apresentado sentir dores nas imagens divulgadas pela câmera de segurança, no momento que ele chega no apartamento e está no elevador com Monique e Jairinho.

Agora, as investigações buscam entender como as lesões foram causadas e por quem.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.