Noivo de uma das vítimas do ataque em paredão em Salvador relembra os últimos momentos da amada

Uma notícia é manchete nos principais meio de comunicação neste sábado (16). Felipe Rocha, noivo de Brenda Buri da Silva, 21 anos, uma das vítimas do ataque de grupo armado que resultou na morte de seis pessoas e outras 12 que ficaram feridas em uma festa de rua em Salvador, falou sobre os últimos momentos com a amada, quando ela estava recebendo atendimento médico.

Ela foi conversando comigo. Estava fraca já. A última coisa que ela falou foi que não ia morrer e que iria casar comigo”, lembrou Felipe Rocha, que pretendia se casar com Brenda no início do próximo ano. Felipe e Brenda foram convidados para se divertir com amigos na festa que acontecia no bairro Uruguai.“Uma dor imensa, essa mulher mudou minha vida. Eu não sei nem o que pensar agora. A mulher da minha vida foi embora”, lamentou Felipe.

Uma sobrevivente que não quis se identificar, falou sobre o momento em que foi atingida pelos disparos. Além dela, ficaram feridas no atentado outras 11 pessoas.“Eu vi os tiros e corri, aí quando eu caí no chão, eu vi tudo branco. Quando eu levantei tinha meio mundo de gente no chão”, contou a jovem sobrevivente.

A jovem que sobreviveu contou ainda que foi socorrida por um jovem que passava pelo local.“Só ouvi os tiros. Corri, mas a bala bateu na parede e bateu nas minhas costas. Eu me joguei no chão e gritei: ‘estou baleada’”, falou. Segundo a jovem, ela não vai frequentar mais festas deste tipo. “Muito doloroso, né? Pessoas jovens perdendo a vida assim, em um paredão. Eu sinceramente não vou mais”, afirmou.

O caso aconteceu entre a noite de terça (12) e a madrugada desta quarta-feira (13), na Rua Voluntários da Pátria, em uma localidade conhecida como Pistão. Informações iniciais da polícia apontam que uma briga entre pessoas que estavam na festa resultou em uma troca de tiros entre dois grupos armados, matando seis pessoas e deixando 12 feridas. Dois suspeitos de participarem do ataque foram presos e seguem custodiados no Hospital do Subúrbio, em Salvador.

Da redação do Acontece na Bahia

 Foto: Reprodução / TV Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Noivo fratura a coluna em festa de casamento após brincadeira de ser jogado para o alto

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quinta-feira (23). Era pra ser um momento de celebração mas uma festa de casamento terminou em tragédia com um lamentável acidente que aconteceu na Romênia. A vítima foi Liviu Filimon, de 31 anos, que fraturou a coluna no momento da celebração após ter sido jogado para o alto em uma brincadeira comum nesse tipo de cerimônia. O acidente aconteceu nessa sexta-feira (17) e foi filmado por pessoas que estavam no local.

O noivo romeno foi jogado para o alto e desceu com a cabeça voltada para baixo atingindo o chão. As pessoas que decidiram conduzir a brincadeira arriscada não conseguiram segurar Liviu que desceu e bateu com a cabeça no chão. No momento do acidente as pessoas e a noiva se aproximaram para socorrer o noivo acidentado. De acordo com algumas testemunhas, há a hipótese da situação ter se agravado em decorrência dos amigos terem colocado Liviu em uma cadeira antes da chegada dos médicos.

Segundo testemunhas, a cerimônia continuou mesmo com o acidente do noivo. A noiva e os familiares se empenharam para manter um clima entretido na festa. Após ter sido atendido no local e ser encaminhado para um hospital, foi confirmada a fratura na coluna vertebral de Liviu.”Ele está internado na ala de neurocirurgia e passará por mais testes na próxima semana”, contou a Dra Lucia Dania, responsável pelo paciente.

Liviu Filimon ainda pondera se deve processar as pessoas que o colocaram em risco. “Eu entrei em contato com um advogado, mas ainda estou considerando o que farei”, contou, na cama do hospital. Disse ainda que não consegue mexer os pés desde o momento da queda.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.