Menino que morreu após ir ao dentista é velado diante de forte comoção: “Aconteceu numa clínica particular”

Durante o atendimento, a mãe recebeu duas opções de tratamento. Entretanto, no final do procedimento o quadro do menino piorou muito, o que não costuma acontecer em casos similares

O menino que não resistiu depois de passar por um procedimento no dentista está sendo velado na tarde desta terça-feira (21) em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo informações da PM (Polícia Militar), Antony Bernardo da Silva Souza teve um quadro de hemorragia depois de ser submetido à extração do dente. O procedimento odontológico teria ocorrido numa clínica particular. Mas afinal, o que aconteceu?

De acordo com o portal Record, familiares do menino relataram que ele começou a ter um sangramento no dente e por isso foi levado pela mãe ao dentista. Então, chegando lá o dentista teria colocado duas opções na mesa: um tratamento do canal ou uma extração. Por conta do valor mais caro para a primeira opção, a mãe acabou escolhendo a extração. Durante o procedimento, o menino reclamou de dor, mesmo com a aplicação de anestesia.

Após concluir a extração, Antony continuou sangrando bastante e foi encaminhado até uma unidade de saúde. A dentista acompanhou o menino e a família, mas a hemorragia aumentou e ele acabou não resistindo depois de algum tempo. Diante da situação, a dentista começou a ser ameaçada, deixou o local e prontamente se apresentou à polícia.  As autoridades estão investigando o caso.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Aos 27 anos, cirurgião dentista é encontrado sem vida após ser ofendido durante trabalho voluntário

Aos 27 anos, o cirurgião dentista Gustavo dos Santos Lima foi encontrado sem vida. Ele morava com os pais na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso, e viveu uma situação dura antes de partir precocemente.

No dia 21 de agosto, o rapaz estava trabalhando como voluntário. Gustavo estava atuando como vacinador numa unidade básica de saúde quando um caso complicado aconteceu. Um mulher que estava na fila teria dito que não deixaria a filha se vacinar com Gustavo pois, nas palavras dela, ele era um “viado”. Ouvindo aquilo, o dentista, que já lutava há anos contra a depressão, ficou muito magoado e pensativo. Em entrevista ao portal Campo Grande News, o irmão dele explicou que a vida de Gustavo mudou para a pior depois desse dia:

“Aquilo deu uma reviravolta maior na vida dele, começou a tomar mais remédios, se sentiu muito triste. Mas ele sempre foi alguém que batalhou muito na vida, que lutou por muita gente. Por isso, ele voltou a trabalhar, voltou a vacinar, voltou a estudar e buscou forças para seguir em frente.”

Mesmo com a família dando todo o suporte possível a Gustavo, o rapaz piorou bastante com o passar das semanas. Então ele não resistiu e partiu na última quinta-feira. Agora, as autoridades apuram o caso.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Durante procedimento no dentista, paciente acaba engolindo broca e perde 10 quilos com o passar dos dias

Durante um procedimento odontológico, uma paciente viveu um episódio bastante incomum. O caso tomou as manchetes desta terça-feira (24).

Aos 55 anos, Iolanda Mariano de Melo Simplício acabou engolindo uma broca durante a extração de um dente numa unidade de saúde em Lajes, no Rio Grande do Norte. O procedimento ocorreu no dia 26 de julho e a broca acabou no pulmão de Iolanda. De acordo com o portal Globo, o filho dela afirmou que ela já perdeu 10 quilos desde então. Ele afirmo:

“A Secretaria Municipal de Saúde nos deu assistência para a realização dos exames. A gente foi para Natal inúmeras vezes com ela para fazer tomografia, raio-x, hemograma, risco cirúrgico, mas até agora nada. Já são quase 29 dias e praticamente não temos resposta. A gente quer uma solução, porque é um corpo estranho que está dentro do pulmão dela.”

No momento, o governo está providenciando uma cirurgia particular para a paciente, pois na rede pública não foi possível por conta de um aparelho que quebrou. O dentista foi afastado do cargo na cidade.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Aumentam o número de vítimas que denunciam a dentista por deformar os rostos dos pacientes

Uma notícia tem repercutido ainda nesta terça-feira (4) nas mídias sociais. Isso, porque outras possíveis vítimas da dentista que estava sendo acusada de enganar e deformar o rosto de pacientes, apresentaram suas denúncias.

Segundo informações passadas ao portal Globo, a Polícia Civil informou que até o momento são 34 inquéritos, incluindo três novas denúncias feitas nas últimas duas semanas. São mulheres de todo o estado que relataram problemas após os procedimentos realizados pela dentista Giselle Gomes. As denúncias apontam que a profissional prometia aplicar uma substância e aplicava uma outra mais barata, em Campos do Goytacazes.

Nesta segunda-feira (3), outros quatro casos chegaram à 134ª Delegacia de Polícia, sendo três deles relatados presencialmente e um online. A delegada adjunta, Natalia Patrão, disse que essas últimas vítimas foram encaminhadas para exame de ultrassom.

“Várias outras vítimas já procuraram a delegacia essa semana. Inclusive nós temos a novidade de um laudo de uma vítima que se submeteu ao procedimento cirúrgico cujo produto utilizado foi o hidrogel industrial, utilizado por indústrias e por agricultores na fabricação de papel, embalagem de alimentos, fabricação de adesivos e outros processos industriais”, disse ainda a delegada.

A investigação apurou, também, que além de dentista, Giselle tinha ainda outras fontes de renda como funcionária pública em Campos e na cidade vizinha, São João da Barra.

Entre 2018 e 2020, Giselle foi cedida para a Câmara Municipal de Campos e chegou a ser nomeada para trabalhar no gabinete de dois vereadores. Neste ano, a cessão não foi renovada, e ela deveria ter se apresentado, mas não compareceu.

Em São João da Barra, ela também é concursada e deveria dar aulas para crianças. Ela chegou a pedir uma licença em 2018, que expirou no ano passado. Na cidade, ela também deveria ter se apresentado na secretaria de Educação, mas não foi mais vista, de acordo com o secretário municipal de Educação, Daniel Damasceno.

“Ela é funcionária nossa de carreira, estatutária, admitida em concurso desde 2011 e atualmente ela se encontra faltosa. Em janeiro, ela gozou férias assim como todos os servidores da Educação, e nos meses de fevereiro março e até o presente momento ela não apareceu pra trabalhar, então, tá tendo sua remuneração toda descontada”, disse o secretário.

Defesa

Em nota, a defesa da dentista disse que “poucas pacientes tiveram alguma intercorrência dentro de um universo de quase dois mil procedimentos” e que “os produtos utilizados eram informados aos pacientes”.

Apesar da afirmação da defesa, pacientes dizem que isso não é verdade.

“Em primeiro momento, ela é amorosa, ela entende o problema do outro. Então, ela realiza o procedimento. Quando a pessoa volta pra revisão e se queixa de alguma coisa, ela se transforma numa pessoa grossa, arrogante, debochada”, disse Andréa Paes, advogada de 25 vítimas.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.