Itiúba: Jovem Davi continua desaparecido mesmo depois de uma semana; Corpo de Bombeiros retoma buscas

Uma triste notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (5). O jovem Davi Lima da Silva, 11 anos, morador de um povoado de Itiúba, na Região do Sisal, continua desaparecido desde o último domingo (28/3).

O menino desapareceu enquanto caminhava até a casa da avó. De acordo com a polícia, a última pessoa que viu o garoto foi um idoso que perguntou para onde iria o garoto, que não respondeu e seguiu subindo uma serra.

As buscas começaram desde o dia 28/3 e contou com o apoio de equipes do Corpo de Bombeiros, Companhia de Segurança REX, caçadores e dezenas de voluntários. A polícia Militar chegou a utilizar cães farejadores e um helicóptero.

Porém, mesmo após muito esforço das equipes de busca, as buscas pelo garoto foram encerradas na quinta-feira (1/4). Entretanto, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) retomou neste sábado (3/4) as buscas pelo garoto.

De acordo com o bombeiro responsável pelo caso, O tenente-coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º Grupamento de Bombeiro Militar de Juazeiro (9º GBM), existe a possibilidade de rapto ou sequestro. “Chegamos à conclusão que não é mais um caso de busca e sim de investigação”, afirmou.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Menino de 3 anos presenteia coletores de lixo com bombons de chocolate na Páscoa: “Muito feliz”

Uma notícia está sendo destaque neste domingo (04). O garotinho Breno Santos, de apenas 3 anos, comoveu a web ao presentear coletores de lixo com caixas de bombons de chocolate em comemoração à Páscoa. O caso aconteceu em Praia Grande, Litoral de São Paulo.

Ao fazerem a coleta do lixo na última sexta-feira, a criança que é fã dos profissionais surpreendeu ao presentear.

“Ele sempre fala para a gente dar algo para eles, então, desta vez, ele sugeriu um chocolate. Nós compramos e ficamos aguardando o dia da coleta. Assim que ele ouviu o caminhão, já saímos correndo para ele poder entregar. Eles agradeceram, e meu filho ficou muito feliz”, contou Rodrigo, o pai do menino.

Segundo Rodrigo, a amizade do filho com os coletores começou quando os coletores passaram a responder os gritos do menino. Sempre que escuta o caminhão, Breno corre na janela para vê-los. “Ele pode estar fazendo o que for, ele para, vai na janela e fica gritando, chamando eles de ‘amigos’.

Ainda segundo ele, o filho sempre pede para dar algo aos homens, como refrigerante, bolo ou doces e com a Páscoa, ele deu a ideia de dar chocolates. A amizade é tanta que os pais ainda pretendem convidar os coletores para o aniversário do filho.

“A gente pensa em fazer o aniversário dele com o tema de coletores. Vamos convidar eles, e como não podemos fazer aglomeração, vamos descer com o bolo e cantar os parabéns lá na rua, junto com eles”, concluiu.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque.

Pai é acusado de vender próprio filho com apenas 30 dias de vida a empresário por R$ 4 mil no litoral paulista; a suspeita é um esquema de tráfico de bebês

Uma assustadora notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (3). Com apenas 30 dias de vida, uma criança, do sexo masculino, foi vendida pelo próprio pai por R$ 4 mil em Praia Grande, no litoral paulista, segundo a acusação da mãe da criança.

O garoto foi encontrado na Zona Leste de São Paulo na última quinta-feira (1). De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é de uma rede de tráfico de crianças na internet.

De acordo com o testemunho da mãe da criança à polícia, o pai do menino invadiu a casa da mulher e a agrediu com socos no rosto e em outras partes do corpo, fugindo em seguida. A denúncia foi feita no dia 19 de março.

“Com base nessas informações, instauramos um inquérito, e começamos a investigar o caso. Conseguimos chegar até as pessoas que haviam comprado o bebê”, afirmou o delegado Alex Mendonça, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.

Assim, após as investigações, os policiais chegaram à um empresário de 33 anos suspeito de comprar o bebê. Em sua defesa, o empresário afirmou que adotou a criança e que ajudou a mãe biológica financeiramente para poder ficar com o bebê quando nascesse. Ele afirmou também que sonhava ter um filho juntamente com seu companheiro.

De acordo com o delegado da investigação, “Eles fizeram uma adoção ‘à brasileira’, como é dito.

O empresário suspeito de comprar a criança foi preso e encaminhado para Delegacia Sede de Praia Grande, junto com o companheiro. O pai do menino, Ronaldo Alves de Souza, de 47 anos, teve a prisão decretada, porém, está foragido. Além disso, a mãe da criança também é investigada por suposta participação da venda do bebê.

Ademais, os policias suspeitam de um possível esquema de tráfico de bebês e crianças, que utilizava as redes sociais como meio de compra e venda. A polícia ainda investiga essa hipótese.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

5 anos depois de ter sorriso reconstruído por dentista, garoto afirma que realização do sonho mudou sua vida: ‘Agora eu posso rir porque tenho meus dentes’

Hoje, sexta-feira (02), a linda história do menino Ryan que ganhou um novo sorriso está quase completando 5 anos. O garotinho perdeu todos os dentes da arcada superior quando tinha 6 anos de idade. Seu maior sonho naquela época era poder sorrir igual a todos os colegas e amigos da escola. E foi esse sonho que a dentista Amanda Mattos realizou ao colocar uma prótese no garoto. Hoje, Ryan tem seus próprios dentinhos e não precisa usar próteses.

“Estou me sentindo muito feliz, porque eu tenho os meus dentes hoje. E hoje eu não sou mais ‘banguelo’ que nem antigamente não. Hoje eu sou outra pessoa”

“Eu brinco, eu ‘rio’, antes eu não tinha dente, eu não ria, eu só fazia fechar a boca, que eu não podia rir, né, porque só saía a gengiva. Mas agora não. Agora eu posso rir porque eu tenho meus dentes”, conta o garotinho.

A história de Ryan emocionou a todos em 2016 quando a dentista Amanda compartilhou o caso. “Ele sofre um processo de agenesia [anomalia caracterizada pela ausência congênita de dentes]. Tem uns dentes que ele não vai ter. Não sabemos se é questão genética, ou se foi arrancado precocemente”, conta Amanda.

Ela ainda lembra como todos da equipe médico se emocionaram com o menino que começou a chorar quando ganhou a primeira prótese. “Eu me emociono sempre com essa história porque foi uma atitude que não imaginava que iria fazer tão bem na vida dele como foi. Para mim foi um simples trabalho de uma prótese, mas pra ele foi uma mudança de vida”.

Amanda também explica que o tratamento do menino precisa durar até a fase adulta. “Estamos preparando ele para correção ortodôntica para os dentes que ele tem. Preparação de espaços, estímulo ósseo. 18 anos é uma previsão que a gente tem para fazer o implante definitivo dele”.

A boa notícia é que hoje ele não precisa usar prótese dentária, ele já possui a maioria dos dentes. “Ele tem 12 dentes, faltam 3 dos que ele terá. Para a idade, ele deveria estar em dentição mista (dentes de leite e permanente), com 24 dentes. A troca de dentes vai em média até os 13 anos. Hoje ele está sem prótese porque ele vai começar a usar aparelho”.

Mesmo com pouco dinheiro, a mãe do garoto faz questão de levá-lo às consultas de acompanhamento. “Ryan sorri, brinca, mudou bastante. Agora ele conversa mais, mesmo tímido. Antes, ele tinha vergonha, e agora ele se abriu mais, tem mais liberdade. Mudou muito mesmo”, afirma sua mãe

Ryan quando se olhou pela primeira vez no espelho com a prótese, em 2016 — Foto: Amanda Mattos/Arquivo pessoal

Ryan Coutinho, aos 8 anos — Foto: Arquivo pessoal5

Amanda Mattos e Ryan Coutinho — Foto: Arquivo pessoal

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.