PMs revidam agressões e batem em pessoas envolvidas em brigas de trânsito: Duas mulheres foram atingidas com socos no rosto

Um cinegrafista amador registrou com um celular o momento exato que polícias discutem com pessoas envolvidas em briga de trânsito. Inicialmente, um homem claramente exaltado parte para cima dos policiais com xingamentos e ofensas. Então, dois policiais partem para cima do homem, desferindo socos, e outras pessoas chegam para tentar afastar a agressão.

Entre as pessoas envolvidas, duas mulheres tentam apartar a briga. Uma delas se coloca na frente do policial gritando “eu sou mulher!” na tentativa que os policiais não a agredissem.

O motivo da briga teria sido um acidente de trânsito, em que os homens agrediram o condutor do carro que havia batido no outro. O suposto responsável pelo acidente fugiu do local do acidente, uma vez que não tinha habilitação. Assim, os homens que participaram do acidente se juntaram para bater no motorista que havia causado a batida. Assim, a polícia foi acionada para tentar apartar a briga.

Um dos homens havia tentado bater em um dos policiais após os policias tentarem prender ele por desacato. Assim, inicia-se a confusão. Os policiais revidam os socos no homem e mulheres tentam apartar, mas acabaram sendo agredidas também, após tentarem enfrentar os policiais.

As imagens circularam nas redes e causaram revolta. A ouvidoria da Polícia de São Paulo repudiou as cenas. O ouvidor Elizeu Soares Lopes classificou a ação como “um absurdo” e falou que os policiais eram despreparados.

“Essa ação foge completamente ao protocolo da PM. É um absurdo. Denota uma certa falta de preparo desses policiais” disse, Elizeu. “Ali parecia briga de rua”, complementou o Ouvidor.

Você pode assistir o vídeo completo em: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/video/pms-revidam-agressao-e-dao-socos-em-homem-e-mulheres-durante-briga-de-transito-na-grande-s-9122796.ghtml

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Homem é agredido na própria oficina: Vídeo circula nas redes e causa revolta

Um vídeo de extrema violência tem circulado nas redes sociais. Segundo o site Teo Notícias o fato aconteceu no Mato Grosso e está causando grande repercussão. Nesse contexto, o vídeo mostra um homem que é chamado de Gustavo agredindo covardemente um mecânico devido a uma dívida.

O vídeo é chocante. O que começa com tapas no rosto e humilhações termina com agressões físicas sem dó. O agressor fala o vídeo todo de uma dívida antiga que o mecânico tem com ele. Assim, ele desfere golpes contra o mecânico, o obriga a se ajoelhar e pedir desculpas. Em um momento do vídeo o agressor chega a quebrar uma garrafa de cerveja na cabeça do rapaz.

O rapaz não tenta se defender, mesmo sendo brutalmente agredido, e segue todas as instruções de Gustavo, visto que provavelmente o rapaz poderia matá-lo. Durante o vídeo Gustavo fala “quer roubar dinheiro de ladrão, rapaz?” e “eu sou ladrão”, o que leva a entender que o mecânico se envolveu com um homem extremamente perigoso e corre risco de vida.

Não temos muitas informações do que aconteceu depois do vídeo, porém, a polícia irá investigar e tomar as medidas cabíveis, uma vez que o vídeo já foi entregue a polícia local, que está investigando para encontrar o agressor.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Senhora de 83 anos agredida pela filha e causa revolta nas redes

Nesta quinta-feira (4), uma mulher foi presa após agredir a própria mae. O caso aconteceu em Lucélia (SP).

Segundo a policia civil de São Paulo, a mulher foi denunciada de agressão pela neta da senhora.

Assim, o delegado da Polícia Civil Yuri Munhoz Silveira e um investigador da Polícia Civil foram para o local da denúncia.

Ao chegar no local a denúncia foi confirmada. A senhora de 83 anos e sua neta, de 35, foram agredidas pela filha da senhora.

Toda a agressão foi gravada pela neta e ajudou os policias a prender a mulher em flagrante. Entretanto, a agressora pagou uma fiança no valor de R$ 1.045 e foi liberada. Ela responderá perante a justiça em liberdade.

Da redação Acontece na Bahia

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.