Search
Close this search box.

Polícia fecha cerco após fugitivos de Mossoró tentarem invadir casa

Na madrugada de sábado (16/3), Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró (RN), foram alvo de uma perseguição intensa na zona rural de Baraúna (RN). Fontes ligadas às investigações revelaram que os criminosos tentaram invadir uma residência na área, mas desistiram do plano. Uma busca minuciosa com cães farejadores confirmou a presença da dupla no local, utilizando itens encontrados na mata e na cela para serem rastreados.

A operação, que mobiliza mais de 500 policiais, já se estende por 34 dias na busca pelos fugitivos. Anteriormente, cães sem raça definida também foram cruciais para indicar a presença dos fugitivos na mesma zona rural de Baraúna.

A agitação dos animais na noite de terça-feira (12/3) chamou a atenção dos moradores, que prontamente acionaram as autoridades. Com o auxílio de cães farejadores, foi confirmada a passagem dos fugitivos pela área, conforme anunciado pelo ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, em coletiva de imprensa na quarta-feira (13/3).

Embora houvesse indícios de possível presença dos criminosos, o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de nota às 17h40, esclareceu que denúncias sobre a tentativa de invasão não foram corroboradas pela segunda verificação com cães farejadores, que não encontraram vestígios da dupla no imóvel ou em áreas adjacentes.

Foto: Reprodução

Da redação do Acontece na Bahia