Search
Close this search box.

Jovem de 23 anos é atacada com ácido e está em estado grave no Paraná

Um crime covarde ganhou repercussão nesta quinta-feira (23) com a jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, ficando em estado grave após um ataque cruel com ácido ocorrido em uma rua de Jacarezinho, no Norte Pioneiro do Paraná. Uma pessoa, ainda não identificada pelas autoridades, jogou o líquido corrosivo na jovem enquanto ela caminhava pela calçada.

Isabelly retornava da academia na tarde de quarta-feira (22) quando o suspeito aproveitou para realizar o ataque. Imagens de uma câmera de monitoramento mostram a jovem correndo desesperadamente em busca de ajuda logo após ser atingida.

A Polícia Militar informou que Isabelly sofreu queimaduras severas no rosto, no peito e na boca. “A vítima ingeriu parte da substância, o que agravou seu estado de saúde”, relatou um policial.

Atualmente, Isabelly está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Universitário (HU) de Londrina. Conforme a assessoria de imprensa, ela está sedada e intubada, e seu estado é considerado grave.

O delegado Tristão Borborema, responsável pelo caso, abriu um inquérito para investigar o ataque. “Câmeras de vigilância estão sendo checadas. O agressor usava uma peruca. Por ora, não há suspeitos”, informou.

Após ser atingida, Isabelly pediu ajuda a pessoas que passavam pela rua. Décio Silva, um barbeiro local, prontamente a colocou em seu carro e a levou para o hospital. “Eu peguei a menina, coloquei no carro e levei ela no hospital. Ela não conseguia falar nada. Não conheço ela, mas espero que ela se recupere. Se Deus quiser, ela vai sair dessa”, disse Silva.

Inicialmente, Isabelly foi atendida em um hospital da cidade, mas na noite de quarta-feira (22), foi transferida para o Hospital Universitário de Londrina.

Uma testemunha encontrou uma sacola preta e um copo molhados no local do ataque, e os itens foram recolhidos para análise.

Foto: Arquivo Pessoal

Da redação do Acontece na Bahia