Search
Close this search box.

Governo investe na modernização de sua rede de ensino e garante permanência de estudantes no interior do estado

O Governo da Bahia está investindo R$ 6,4 bilhões para a melhoria da infraestrutura das escolas da Rede Estadual, marcando um avanço significativo na qualidade do ensino oferecido no interior do estado. Entre as principais iniciativas estão a construção de 195 novas unidades escolares, das quais 37 já foram entregues e outras 53 estão concluídas. Além disso, 80 novas unidades estão em andamento ou prestes a iniciar, e 25 estão em fase de licitação.

Outro destaque é a ampliação de 115 unidades escolares no interior baiano, com 13 delas já entregues e 59 concluídas. Do total, 34 estão em andamento, a iniciar ou em fase de contratação, enquanto 9 unidades aguardam licitação. A modernização de 94 unidades escolares também está em curso, com 23 já entregues, 53 concluídas, 12 em andamento e seis em licitação.

Além das melhorias estruturais, estão sendo inaugurados 10 complexos poliesportivos, quatro já entregues, quatro concluídos e outros dois em andamento. Vinte e cinco quadras poliesportivas cobertas foram instaladas, sendo 20 já entregues, uma concluída, três em andamento e uma em licitação. Quinhentas reformas foram realizadas em colégios, com 381 já entregues, uma concluída, 113 em andamento e uma em licitação. Adicionalmente, estão programadas a instalação de 161 usinas solares fotovoltaicas, das quais 148 estão prestes a iniciar.

Educação em tempo integral

A educação em tempo integral na rede estadual foi expandida para 332 municípios, beneficiando 496 unidades escolares e 78.960 estudantes matriculados. A educação profissional também teve um avanço significativo, com 214 municípios atendidos, 263 unidades escolares participantes e 84.257 estudantes matriculados.

Rede Estadual

No total, a rede estadual de ensino na Bahia conta, no interior, com 491.470 estudantes, distribuídos em 1.497 unidades escolares, anexos e Escolas Família Agrícolas (Efas), sendo 806 unidades escolares, 659 anexos e 32 Efas.

Foto: Feijão Almeida/GOVBA