Search
Close this search box.

Cachorro morre após erro no destino de voo da Gol em Guarulhos, diz família

Um cachorro de 5 anos faleceu durante um voo realizado pela companhia Gol na segunda-feira (22), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. A família alega que o Golden Retriever, chamado Joca, não recebeu os cuidados necessários da companhia. A empresa, por sua vez, diz que acompanhou o animal e prestou todos os serviços exigidos.

O cão deveria ser enviado para Mato Grosso, onde seu tutor o aguardava. No entanto, houve um equívoco da empresa no destino, resultando no envio do pet para o Ceará. Posteriormente, ele foi encaminhado de volta para São Paulo.

A família alega negligência por parte da empresa, afirmando que Joca não foi devidamente estabilizado, não foi colocado em um ambiente refrigerado e não receberam informações sobre seu estado de saúde. “Não estabilizaram o cachorro, não o colocaram em um ambiente refrigerado, não o monitoraram para verificar seu estado e simplesmente o enviaram de volta. Quando ele chegou aqui em Guarulhos, eles demoraram de 30 a 40 minutos e meu filho perguntava onde estava o cachorro”, reclamou Marcia Martins, mãe de João, tutor de Joca.

O atestado de óbito apontou parada cardiorrespiratória como causa do falecimento.

Em comunicado, a Gol afirmou que o cachorro recebeu cuidados da equipe em solo cearense e que o óbito ocorreu após o pouso do voo em Guarulhos. “Nos solidarizamos com o sofrimento do tutor de Joca. Compreendemos sua dor e lamentamos profundamente a perda de seu animal de estimação”, diz a nota.

Da redação do Acontece na Bahia

Crédito da foto: Arquivo pessoal