Whindersson Nunes lamenta morte de mulher, após fake news sobre affair divulgada nas redes sociais

Whindersson Nunes, por meio de um comunicado da produtora Non Stop, expressou pesar pela trágica morte da estudante mineira Jéssica Canedo na sexta-feira (22), após a propagação de notícias falsas sobre um suposto envolvimento entre eles.

No início da semana, perfis de redes sociais dedicados a celebridades divulgaram prints forjados de uma conversa entre Jéssica, de 22 anos, e o humorista. Ambos negaram a veracidade das mensagens, destacando que não se conheciam. O print falso apresentava uma troca de mensagens no Instagram, onde duas pessoas flertavam, discutindo preferências e expressando o desejo de se encontrarem pessoalmente.

“Estou extremamente triste. Voltei ao dia em que perdi meu filho. Que ninguém passe pela dor de enterrar um filho”, expressou o humorista por meio de sua assessoria. Segundo a família da estudante, Jéssica “não resistiu à depressão e a tanto ódio”.

A divulgação das falsas informações sobre Whindersson e Jéssica ganhou mais repercussão após ser publicada pelo perfil Choquei, dedicado a notícias de celebridades. Após a morte da estudante, o Choquei emitiu uma nota assinada pela advogada Adélia de Jesus, alegando não ter ocorrido irregularidades na divulgação das informações.

A Nonstop Produções S.A., representando Whindersson Nunes, divulgou uma nota pública lamentando o ocorrido e repudiando o uso nocivo das redes sociais. O comunicado destaca a tristeza do artista diante da situação, fazendo um apelo contra o linchamento virtual. A mensagem também encoraja aqueles que enfrentam questões emocionais a buscar ajuda, fornecendo o contato do CVV – Centro de Valorização da Vida.

A Nonstop Produções S.A., escritório responsável pelo gerenciamento de Whindersson Nunes, vem a público manifestar o posicionamento do artista sobre a dimensão catastrófica de uma história inventada a partir de uma fake news. Nesta sexta-feira (22), Whindersson Nunes foi surpreendido com a triste notícia do falecimento da jovem Jéssica. Perplexo com o desencadeamento desse novo massacre público proporcionado pelo uso negativo das redes sociais, o artista lamenta: “Estou extremamente triste. Voltei ao dia em que perdi meu filho. Que ninguém passe pela dor de enterrar um filho”. A Nonstop Produções S.A. e Whindersson Nunes lamentam profundamente o ocorrido e prestam solidariedade à família da jovem Jessica, bem como repudiam, veementemente, o linchamento virtual e o uso nocivo das redes sociais. Se você estiver passando por questões emocionais, busque ajuda. Disque 188 para o CVV – Centro de Valorização da Vida.

Em relação aos eventos associados à tragédia envolvendo Jéssica Canedo, o perfil Choquei reafirmou, por meio de sua assessoria jurídica, que agiu com boa-fé e responsabilidade na divulgação das informações, respeitando os limites legais e éticos. O comunicado finaliza com um reforço ao respeito pela intimidade, privacidade e bem-estar.

Da redação do Acontece na Bahia