“Vim pra provar que Moro é mentiroso e não para uma guerra”, diz Lula em entrevista

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (2). Uma entrevista concedida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao jornalista Reinaldo Azevedo, no programa O É da Coisa, na rádio Band News FM, nesta quinta-feira (1º), deu o que falar. Na ocasião Lula disse que foi para “provar que Moro é mentiroso”, não “para uma guerra”, e ainda afirmou que o ex-juiz Sergio Moro não tem a consciência tranquila por tê-lo sentenciado sem as devidas provas. 

“Quando eu cheguei na cadeia, fiquei pensando: ‘Não é possível que essa gente tenha inventado essa mentira. Agora, eu não tenho mais nada com a Lava Jato. Eu continuo dormindo tranquilo e essa gente vai ser julgada”, comentou. 

Depois da coletiva em São Bernardo do Campo (SP), em 10 de março, quando Lula se manifestou dois dias depois da decisão do ministro Edson Fachin em anular os processos contra ele na Lava Jato, esta é a segunda aparição do ex-presidente Lula em veículo de imprensa nacional. 

Crítico contumaz do Partido dos Trabalhadores, Reinaldo Azevedo surpreendeu com o anúncio da entrevista a Lula. O jornalista que é o responsável pelo nascimento do termo ” petralha” escreveu uma obra com o título O País dos Petralhas. 

Azevedo e Lula, desafetos desde sempre, agora se veem cara a cara sobretudo no momento em que o jornalista tem mudado de opinião acerca da condenação do ex-presidente Lula, que segundo ele foi sem provas somado a críticas feitas ao modo de operação da Lava Jato assim como do ex-juiz Sergio Moro. 

O jornalista comentou sobre a entrevista que faria a Lula: “O meu único acordo com o presidente é que eu pergunto o que eu quero e ele responde o que ele quer, como deve ser no jornalismo e em uma conversa com duas pessoas civilizadas”. 

 

Da redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: