Search
Close this search box.

Veja detalhes dos bastidores do fim do casamento do cantor Amado Batista

Traições, desentendimentos, mensagens de supostas amantes e a presença constante da ansiedade compõem a narrativa do relacionamento entre Layza Felizardo e Amado Batista. A ex-esposa do cantor compartilhou, em uma entrevista exclusiva para esta coluna, detalhes dos momentos que vivenciou desde o namoro até o casamento.

Em um diálogo com esta colunista, Layza, de 23 anos, revelou que começou a namorar Amado Batista aos 17 anos, terminaram por um período, mas quando reataram, decidiram morar juntos. A jovem confirmou ter descoberto várias traições por parte do cantor.

“Cansava de verificar o celular dele, conversando com várias mulheres de diferentes estados. Às vezes, essas mulheres até vinham até minhas redes sociais para me insultar e proferir comentários maliciosos”, relembrou ela.

Ao questionar Amado Batista sobre esses episódios, Layza afirmou que ele negava, alegando que ela era única e que as outras mulheres tinham inveja. Ela também compartilhou que desenvolveu ansiedade devido aos conflitos no relacionamento.

“Eu sofria demais, era horrível. E o pós-era pior ainda, sentia um vazio. Havia momentos em que eu só chorava e tentava sair, mas era muito difícil devido à minha enorme dependência emocional por ele. Acredito que até hoje essa dependência persista. Ele via como eu ficava, pedia desculpas por tudo, afirmava que não se repetiria, dizia que me amava e que eu precisava confiar mais nele”, detalhou Layza.

Após o término do casamento, Layza afirmou ter feito um acordo com Amado Batista para receber auxílio financeiro por um tempo. “Inicialmente, ele me daria esse dinheiro para que eu pudesse realizar algo para mim, como montar algo que eu desejava muito. No entanto, depois veio com desculpas, alegando que não poderia me dar essa quantia de uma vez e que teria que ser parcelado como pensão”, declarou ela, confirmando o depósito de R$ 10 mil este mês.

Além do aspecto financeiro, Amado Batista prometeu encontrar um lugar para Layza morar, mas, segundo ela, essa promessa não foi cumprida. Ela expressou sua frustração: “O acordo antes de sairmos da casa onde morávamos juntos, como marido e mulher, era que ele encontrasse outro lugar para mim, onde eu decidisse morar. Até agora, ele não me ajudou a reorganizar minha vida, nem o advogado dele”, reclamou Layza.

Quando questionada sobre acionar Amado Batista na Justiça devido ao acordo verbal, Layza afirmou que não pretende fazer isso “desde que ele cumpra com as obrigações dele como homem”. Sobre seus sentimentos em relação ao artista, ela declarou: “Acredito que ninguém deixa de amar alguém com quem conviveu por muito tempo. Amo como ser humano, mas não como homem. Ele deixou muitas coisas a desejar”, concluiu.

O desentendimento entre Amado Batista e Layza Felizardo continua sendo motivo de discussão. Após um acordo entre o cantor e a ex-mulher, que recentemente se separaram, Amado foi cobrado por ela em relação ao valor de uma pensão, e o cantor reagiu afirmando que Layza “ganhou na loteria” com o relacionamento de um ano e meio.

A confusão começou quando Layza cobrou parte da pensão de R$ 10 mil acordada por ambos após o término do casamento. Em resposta, Amado afirmou que ela não quis a proposta inicial de pagamento integral. Layza desabafou sobre a dificuldade de organizar sua vida com pagamentos fracionados, ao que o cantor respondeu perguntando se algo a impedia de seguir em frente. A discussão terminou com Amado afirmando que Layza “ganhou na loteria” e pedindo o fim da conversa.

Amado Batista e Layza Felizardo iniciaram o namoro no final de 2018, tornando o relacionamento público em janeiro do ano seguinte. O encontro ocorreu durante um show do cantor na cidade de Careiro Castanho, no Amazonas, onde Layza estava na plateia e chamou a atenção do artista famoso por suas músicas bregas.

Da redação do Acontece na Bahia