Usuário de drogas, ex-participante do Raça Negra recebe ajuda de amiga para sair das ruas

Edson Café, ex-integrante do grupo Raça Negra, vem lutando contra o vício em drogas. Segundo informações do Site Metrópoles, o artista estava morando nas Ruas do Rio de Janeiro e trabalhando como flanelinha.

“Estava propenso à recaída. Não tem como morar na rua e não fumar um baseado, não dá. […] Se eu ficar aqui, fico querendo escrever ou então me drogar. Vou ficar enfiado na Cracolândia aí do lado. Eu prefiro sair, dar um rolezinho. E ganhar um dinheirinho. Tomo conta de carro na praça”, disse Café em reportagem a Record.

Xênia Alves, amiga e fã do homem, levou ele para São Paulo e ofereceu ajuda para que o amigo saisse das drogas. “Ele não é meu amigo, eu falo que ele é meu irmão. Se um dia eu souber que meu irmão foi embora, vai me doer muito de não ter tentado. Então, eu preciso tentar de novo”, disse ela.

Edson guarda magoa dos ex-colegas de banda, uma vez que, segundo ele, a maioria usou termos pejorativos para falar com ele e afirmaram que não iriam ajudar porque ele iria gastar o dinheiro todo em drogas.

Categoria(s): Social.

Comente: