Search
Close this search box.

Urgente! Concurso Nacional Unificado tem data de prova adiada devido à tragédia no RS

Milhares de candidatos em todo o Brasil se veem diante de uma reviravolta significativa com o adiamento das provas do tão aguardado Concurso Nacional Unificado (CNU). O Governo Federal tomou a decisão em resposta às recentes chuvas intensas que assolaram o Rio Grande do Sul.

Inicialmente programadas para domingo (5/5), as provas foram postergadas após um apelo das autoridades gaúchas ao Palácio do Planalto. A nova data para a realização do concurso ainda está pendente de definição, conforme comunicado oficial do governo.

“Devido à situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul, o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) será adiado em todo o território nacional. A determinação da nova data ocorrerá assim que as condições climáticas e logísticas permitirem a realização segura da prova em todo o país”, declarou o governo em nota oficial.

De acordo com fontes do Planalto, a decisão de adiar as provas do CNU foi influenciada, em grande parte, pelo temor de possíveis contestações judiciais.

O ministro Pimenta, em declaração anterior, ressaltou que o eventual adiamento do CNU acarretaria um ônus financeiro de aproximadamente R$ 50 milhões aos cofres públicos, ponderando sobre a necessidade de tal medida.

“É crucial termos uma visão abrangente. O adiamento do concurso implica um custo de R$ 50 milhões”, afirmou Pimenta em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, do Canal Gov, nesta sexta-feira (3/5).

Este adiamento não apenas afeta milhares de candidatos em todo o país, mas também levanta questões sobre os desafios logísticos e financeiros enfrentados pelo governo diante de eventos imprevistos como este.

Da redação do Acontece na Bahia