Um dia antes de ser morta, grávida de gêmeas postou nas redes sociais ensaio com tema natalino; As duas bebês foram salvas

O dia era especial, e o momento também na vida de Ana Carolina Alhende Aquino. Grávida de 9 meses de gêmeas, a mulher compartilhou nas redes sociais um ensaio de gestante com a temática de Natal, no dia 23 de dezembro, um dia antes de ser morta com um tiro na cabeça. A mulher foi vítima de uma execução, nessa sexta-feira (24), dia do Natal.

Os médicos conseguiram fazer uma cirurgia de urgência e salvar as bebês. O crime aconteceu no momento em que Ana Carolina estava dentro de um veículo em Ponta Porã (MS), cidade que fica na fronteira do Brasil com o Paraguai.

A Polícia Civil informou que a vítima estava no carro junto com o marido, que seria o alvo dos criminosos. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima fatal foi atingida com um tiro na cabeça. Ana Carolina chegou a ser encaminhada com vida para o Hospital Regional de Ponta Porã. Foi realizada uma cirurgia de urgência para a retirada das bebês, que nasceram de 36 semanas, com saúde e fora de perigo.

Gabriel de Abreu, marido da vítima, foi atingido com um tiro de raspão em um dos braços, segue internado, mas sem risco de morrer. Testemunhas disseram que o casal estava em um veículo preto, na saída de um pesqueiro, quando os criminosos chegaram em outro veículo e efetuaram disparos de arma de fogo.

O veículo no qual os criminosos estavam parou ao lado do carro onde o casal estava, um dos pistoleiros desceu, tirou a arma e efetuou os disparos. Em um ato de reflexo, o marido de Ana Carolina, que estava ao volante, acelerou o veículo ao passo que o suspeito efetuou pelo menos 8 disparos em direção ao veículo.

Gabriel conseguiu dirigir até um dos batalhões do Corpo de Bombeiros, apesar de ferido, conforme as informações policiais. A Polícia Civil de Ponta Porã está investigando o caso e deve ouvir o marido da vítima assim que ele receber alta médica.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: