Três “amigos” de Ariane são presos após ela desaparecer e ser encontrada sem vida, delegado afirma que foi um “teste”

As autoridades deram um passo a mais nesta quarta-feira (15). Após passar 7 dias desaparecida, uma jovem foi encontrada sem vida. Então, agora 3 amigos dela acabaram presos acusados no caso.

Aos 18 anos, a jovem Ariane Bárbara Laurerano de Oliveira foi encontrada sem vida no último dia 30, após passar 7 dias desaparecida. No dia em que desapareceu, Ariane avisou que sairia com as amigas para lanchar. Então, agora foram presos 3 acusados no crime que seriam os amigos dela. Eles foram identificados como Jeferson Cavalcante Rodrigues, de 22 anos, Raíssa Nunes Borges, de 19, e Enzo Jacomini Carneiro Matos, de 18.

De acordo com o delegado Marcos de Oliveira Gomes, Raíssa Borges desejava saber se era uma psicopata e esse seria motivo principal do crime. A vítima seria uma das pessoas com nome numa lista e teria sido escolhida por ser a menor. O delegado afirmou:

“Eles não escolheram a Ariane por um motivo específico. Poderia ser ela ou outros dois nomes que saíram numa lista. Ela foi escolhida porque era pequena e, caso reagisse no momento do homicídio, eles conseguiriam realizar o crime.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: