“Traiçoeiro” :Irmãs universitárias confiam em pedido de vizinho e acabam atacadas dentro de casa; uma delas não resistiu

As irmãs universitárias Carolina, de 24 anos e Ximena, de 25, confiaram no vizinho de prédio. O homem foi traiçoeiro e se aproveitou da confiança delas. De acordo com o portal Record, as irmãs moravam na zona norte de São Paulo, no mesmo prédio do acusado, identificado como Luiz de Franca, 22 anos. Além deles, outras duas famílias vivem nos apartamentos do prédio.

De acordo com Carolina, a irmã sobrevivente, o homem teria chegado até a casa delas e pedido para ver o quadro de energia. Confiando na palavra dele, elas abriram a porta. Logo em seguida, ele exigiu que elas ficassem em silêncio e começou a atacá-las a facadas. Por conta dos ferimentos, Ximena não resistiu e Carolina ficou gravemente ferida ao tentar defender a irmã. De acordo com testemunhas, o homem já tinha histórico de violência contra a mulher, que é mãe do filho dele. O homem foi preso em flagrante enquanto tentava se esconder dentro da casa dele e alegou legítima defesa, pois afirmou que teria entrado em conflito com as irmãs. Mas não termina aí.

Além disso, Ximena chegou a trabalhar na Associação das Mulheres para a Paz Mundial e divulgava em suas redes sociais publicações sobre o tema. Contudo, não se sabe se a jovem chegou a denunciar Luiz pelos supostos casos de agressão contra a esposa dele. Ao falar sobre o caso, o proprietário do imóvel relatou nunca ter conhecimento de nenhuma desavença entre os inquilinos. As autoridades estão investigando o caso.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

 

Categoria(s): Nacional.

Comente: