Search
Close this search box.

Tragédia no RJ: Adolescente é apreendido por matar os pais a marteladas e incendiar o quarto do casal

Em um ato brutal, um adolescente de 16 anos assassinou seus pais adotivos a marteladas e, em seguida, incendiou o quarto do casal. O jovem foi apreendido na noite desta quinta-feira (23), em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Informações iniciais indicam que o crime ocorreu após uma discussão familiar. De acordo com a polícia, foi o próprio adolescente quem ligou para a PM e para os bombeiros.

Segundo o relato do menor às autoridades, a briga teve início porque os pais não queriam que ele faltasse à escola para descansar antes de uma aula de jiu-jítsu. Os agentes relataram que, no local, o adolescente confessou ter matado os pais com golpes de martelo, saído para lanchar com um amigo e, ao retornar, ateou fogo ao quarto onde os pais estavam, no 2º andar da casa.

O jovem vivia com a família desde 2014, quando foi adotado. Ele é o mais novo de um grupo de irmãos, todos adotados por diferentes famílias. Segundo o irmão mais velho, “os pais adotivos sempre foram muito amorosos, mas o menino era uma criança agressiva”. O casal morto tinha apenas o adolescente como filho.

Os bombeiros chegaram à residência, localizada às margens da Transolímpica, pouco depois das 3h da manhã desta sexta-feira (24), para controlar o incêndio que consumiu todo o 2º andar, onde ficavam os quartos da família. Pouco depois das 7h, a Polícia Civil realizou uma perícia no local e os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) do Centro.

Foto: Reprodução

Da redação do Acontece na Bahia