Texto homenageia homem que deu a vida pra salvar desconhecida

Uma ato de heroísmo completa quatro anos: “Hoje, dia 5 de setembro, faz quatro anos da morte de Francisco Erasmo Rodrigues de Lima, pai de 4 filhos, pedreiro, alcoólatra, divorciado e morador de rua, foi morto nas escadarias da Catedral da Sé.

Uma senhora, que rezava na igreja acabou sendo feita de refém por um criminoso foragido. Francisco não hesitou, sabia o que devia fazer, acendeu seu último cigarro e o prendeu firme em seus lábios, se atirou contra o bandido, libertou a mulher e foi morto a tiros pelo criminoso.

Enquanto Francisco entregava sua vida em defesa daquela mulher, uma multidão assistia e filmava, mas só Francisco um morador de rua, excluído pela sociedade, visto como bandido, foi capaz de entregar sua vida por uma completa desconhecida.Que este homem seja sempre lembrado por seu ato de bravura e heroísmo.”

Categoria(s): Nacional.

Comente: