Suspeito de tirar a vida de duas jovens de forma violenta é preso depois de oito dias de buscas em mata fechada

Ele estava sendo procurado por mais de 100 policiais em uma mata fechada, na região de Glória do Goitá, na Zona da Mata de Pernambuco.

Edson Cândido Edson Cândido Ribeiro, 35 anos, é apontado como o principal suspeito do assassinato de duas jovens. A primeira vítima desapareceu no dia 29 de janeiro e foi encontrada morta três dias depois. A segunda vítima foi assassinada no dia 31 de janeiro.

Kauany Maiara Marques da Silva, 18 anos, já se relacionou com Edson e no dia do seu desaparecimento, teve um desentendimento com o suspeito. Um vizinho da jovem relatou que ouviu a discussão e chegou a questionar a violência do homem.

“Quando ouvi o grito da Kauany, eu perguntei, ‘ô, camarada, você está dando na mulher, é? Não tem medo da Maria da Penha não?’. Aí ele [respondeu] ‘não, está tudo numa boa. vou conversar com ela lá dentro’, relatou o vizinho.

O corpo de Kauany foi encontrado na última terça-feira (01) na comunidade de Capuchinho, com sinais de violência.

Na madrugada da última segunda-feira (31), Edson teria tentando atacar mulheres que passavam pelo da centro da cidade. Na fuga, ele encontrou Jailma Muniz da Silva, de 19 anos. A jovem estava levando o café da manhã da mãe, que trabalhava na lavoura, quando foi atacada. O corpo de Jailma foi encontrado no mesmo dia com sinais de violência sexual, na zona rural do município, às margens da rodovia PE-50.

Desde então, Edson vinha sendo procurado pela polícia. Ele foi preso na manhã desta segunda-feira (07). As informações revelam que que ele teria se entregado em Vitória de Santo Antão e levado para Caruaru, no Agreste.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.