Apresentadora Cátia Fonseca faz críticas a Wesley Safadão e dispara: “Pelo amor de Deus! Tem cabeça de vento?”

Na tarde desta quinta-feira(19), a apresentadora Cátia Fonseca soltou a voz. Ela fez inúmeras críticas ao cantor Wesley Safadão e chamou ele de “cabeça de vento. Mas afinal, o que aconteceu?

Recentemente, o Wesley Safadão dividiu opiniões por conta da sua postura. O cantor voltou a agendar shows, mas com escala menor por conta da pandemia. Contudo, um desses shows será apresentado para 4 mil pessoas, o que causou estranheza em muita gente, pois imaginava-se que o cantor realmente estava falando de uma apresentação bem mais restrita. Então, diante disso Cátia Fonseca se revoltou. A apresentadora disse: “Ah, gente, pelo amor de Deus! Tem cabeça de vento? Como vai falar que quatro mil pessoas é um show pequeno? Não é pequeno! Vai comparar com praia? Você já viu alguém no show ficar cantando duas horas de máscara? A gente baba na máscara e máscara molhada precisa ser trocada. Quem vai trocar a máscara?” Mas não é só isso.

Depois das críticas, Cátia deixou uma mensagem para os espectadores: “A culpa é um pouco de quem faz, mas a culpa maior é de quem escolhe. O que me deixa abismada é que as pessoas não se conscientizam de algo tão simples. Não precisa ser agora A questão é bom senso. Muita gente diz que tá liberado. Muitos absurdos estão liberados, mas tem suas consequências. Então você vai fazer?”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Wesley Safadão organiza show para milhares de pessoas e gera polêmica ao dizer: “Não se pega Covid só em shows”

Nesta quarta-feira, dia 18, as falas de Wesley Safadão voltaram a repercutir. Organizando shows para milhares de pessoas, o artista causou polêmica com o que disse. Mas afinal, o que aconteceu?

Safadão tem se mostrado bem disposto a provar que os shows de música podem voltar seguindo as recomendações das autoridades de saúde. Contudo, essa postura gerou discussões e críticas ao cantor. Em entrevista ao portal Uol, ele disse que grande parte das atividades já se normalizaram, menos o entretenimento:

“Só o meio do entretenimento ainda não voltou. Bares voltaram, shopping voltou. Tudo voltou a funcionar. E eu não acredito que as pessoas só peguem covid depois de 20h, 22h. Só peguem nos shows. Quem está sendo muito prejudicado são os artistas menores. É o cara do palco, do sim, da luz, do banheiro químico, da limpeza e os produtores de evento que só vivem disso[…]Não quero ser o salvador da pátria, mas não estou fazendo só por mim. Eu tinha até opção de ficar quieto e não levar críticas.”

Além disso, o Safadão também disse que já está marcando apresentações menores e que irá seguir todas as recomendações: Não é o ideal, mas já é um recomeço, um grande passo. Já tenho shows marcados em São Paulo, em dezembro, de forma reduzida também”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.