Após ter sido abordada por cinco criminosos, mulher perde a vida durante assalto

Uma notícia tem sido manchete nos principais meios de comunicação neste domingo (3). A autônoma Alessandra Tomie Watanabe Kokubun Fagundes, 41 anos, morreu com um tiro na cabeça durante um assalto em Itanhaém, litoral de São Paulo. Cinco assaltantes cometeram o crime e em seguida roubaram o veículo de Alessandra. Até o momento ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 22h de sábado (2), na Praça Benedito Calixto, no Centro da cidade. Os criminosos abordaram a vítima e em seguida efetuaram dois disparos de arma de fogo contra ela. Alessandra foi atingida com um tiro no abdômen e outro que acertou a cabeça.

Logo após a vítima ter sido atingida, os bandidos fugiram com o carro e o celular dela. Alessandra chegou a ser atendida em uma Unidade de Pronto Atendimento de Itanhaém, mas faleceu logo depois. A PM tem realizado rondas na região para encontrar os criminosos e teve a informação que havia um veículo em chamas na Rua Vinte e Um, no bairro Bopiranga.

O carro da vítima tinha sido incendiado. O caso foi registrado como latrocínio no plantão da Delegacia Seccional de Itanhaém, e será investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da cidade. A Polícia Civil tem intensificado os esforços para localizar os autores do crime.

Da redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Levado como refém, primo de MC Gui pode ter sido vítima do tribunal do crime

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (23). As buscas pelo empresário Renê Casagrande, de 32 anos, desaparecido há seis dias na zona leste de São Paulo, têm se intensificado e a polícia busca respostas para solucionar este caso. Renê é primo do cantor MC Gui e foi visto pela última vez saindo da tabacaria que possui na região.

O veículo do empresário foi localizado abandonado em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, com os bancos rasgados, além do documento no interior do carro. Os peritos da polícia analisaram o veículo para encontrar impressões digitais ou objetos deixados pelos suspeitos.

Os investigadores da polícia procuram pistas que possam revelar o paradeiro do empresário que segue desaparecido há quase uma semana. Segundo uma testemunha chave, Renê Casagrande foi arrastado por quatro homens para uma região de matagal. A testemunha conta em depoimento que Renê saiu machucado com as mesmas pessoas e foi levado do local como refém.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Aos 40 anos, morre atleta olímpica baiana Graciete Santana: ” Uma perda inestimável”

Uma triste notícia tem sido destaque nas manchetes dos principais meios de comunicação desta sexta-feira (17). A morte da atleta olímpica Graciete Moreira Carneiro Santana, que competiu na maratona nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, foi uma perda inestimável e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) lamentou a morte precoce da atleta. Graciete recebeu o diagnóstico de melanoma severo, e estava se tratando contra o câncer, mas não resistiu as complicações e veio a óbito na madrugada dessa quinta-feira (16).

A notícia da morte da atleta foi transmitida em Feira de Santana, por Joelson Moreira Carneiro, irmão de Graciete. Baiana de Serra Preta, Graciete nasceu em 12 de outubro de 1980, representou o Cruzeiro nas competições e estava registrada na CBAt pela Associação de Atletismo Simõesfilhense (AASF).

A atleta baiana conquistou vitórias importantes nas maratonas de Londrina e Florianópolis. Graciete conquistou sua melhor marca para a competição cravando 2:38.33, em Sevilha, na Espanha, em fevereiro de 2016. Conseguiu a 128ª posição na maratona olímpica (3:09.15). Entre os seus resultados mais expressivos estão dois terceiros lugares na Maratona do Rio, em 2015 (2:41.16) e 2012 (2:42.21); um quarto na Maratona de São Paulo (2:46:20) em 2015, e um segundo na Maratona de Porto Alegre em 2012 (2:44.44).

“Uma pena que ela tenha perdido essa corrida contra o câncer. O atletismo brasileiro está em luto. Muito triste. Nossos cumprimentos ao marido e treinador, Domingos Alves, a família, amigos, a comunidade do atletismo da Bahia e a grande comunidade de atletismo do fundo. Momento muito triste. Faz a gente refletir muito sobre a importância de viver intensamente e se cuidar, porque o risco ao melanoma é grande para quem se expõe ao sol. Fica um alerta para que os atletas tenham muito cuidado”, alertou o presidente do Conselho de Administração da CBAt, Wlamir Motta Campos.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Esporte, Nacional.

Ex-namorado teria tirado a vida de estudante de engenharia para vender o carro da dela no sudoeste baiano

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (17). O corpo da jovem Sashira Camilly Cunha Silva, de 19 anos, foi encontrado nesta quinta-feira (16), na cidade de Planalto, que fica localizada a 50 km de Vitória da Conquista. O ex-namorado da jovem, que não teve a sua identidade revelada, confessou que cometeu o crime para depois vender o carro dela. De acordo com informações, o ex-namorado da vítima agiu em conluio com outras duas pessoas, também envolvidas no crime. Todos os envolvidos se conheciam do curso de engenharia civil da Fainor, (Faculdade Independente do Nordeste), instituto de ensino superior privado.

O ex-namorado de Sashira se entregou na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), por volta de 00h da quinta-feira (16), acompanhado do seu advogado. Equipes da Coordenadoria de Polícia e da Deam, foram nas casas de outros dois suspeitos indicados, momentos depois. Um dos suspeitos conduziu os agentes até o local onde o corpo foi abandonado, na cidade de Planalto.

A jovem foi assassinada em Vitória da Conquista, cidade onde residia. O ex-companheiro detalhou aos policiais como cometeu o crime. Disse que dopou a jovem com remédio controlado e, na sequência, esfaqueou rosto e pescoço, entretanto, quando chegou no local onde deixaria o corpo, percebeu que Sashira ainda estava viva e a estrangulou até a morte.

O segundo homem suspeito pegou o carro da vítima e levou o corpo dela e o ex-namorado da cidade de Vitória da Conquista até Planalto, com o objetivo de depois desta ação vender o veículo. O terceiro envolvido teria feito a conexão entre o ex da jovem e o segundo acusado, uma vez que não eram próximos. O homem foi o responsável por pagar um carro de aplicativo para conduzir o segundo envolvido até o local onde o crime seria praticado. Tanto o segundo quanto o terceiro envolvido alegam não saber que a vítima seria Sashira.

A jovem Sashira teria sido agredida pelo ex-companheiro com uma cabeçada no nariz há dois anos, de acordo com a polícia. Na época houve uma medida protetiva que foi expedida pelo Núcleo da Criança e do Adolescente, mas não estava mais em vigor. Os acusados foram presos e estão a disposição da justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.