Vítima de acidente de supermercado estava em seu 1º emprego formal: ‘Queria tanto trabalhar’

O acidente ocorrido na última sexta-feira (02), no supermercado Mix Mateus da Curva 90, em São Luís, comoveu o país. Além de oito feridos, o desabamento de cinco prateleiras culminou na morte da Elane de Oliveira Rodrigues, de 21 anos. Funcionária do estabelecimento há poucos meses, ela atuava como repositora de estoque, e acabou sendo esmagada pela estrutura metálica e fardos de alimentos.

Natural do Pará, Elane morava na capital maranhense há dois anos, e desde então lutava para conseguir seu primeiro emprego formal.

“Queria tanto trabalhar. Lutou. Colocava currículo, saía todos os dias, até que conseguiu trabalhar, e na hora acontecer todo este desastre”, disse uma vizinha de Elane em entrevista à TV Difusora.

Elane de Oliveira Rodrigues foi sepultada neste domingo (04), em um cemitério na Região Metropolitana de São Luís. O momento foi marcado por muita tristeza e comoção de familiares e amigos da jovem.

Pai da vítima, Adão Silva Rodrigues, revelou que a filha tinha vários sonhos. Entre eles, estava o desejo de iniciar a faculdade de Administração para montar o seu próprio negócio. Recentemente, o pai contou que realizou um outro sonho da filha, proporcionando que ela conseguisse tirar a sua Carteira de Habilitação.

O caso está sob investigação do Ministério Público do Trabalho do Maranhão que busca constatar se houve alguma negligência no ocorrido.

Neste domingo (04), o Fantástico exibiu uma reportagem trazendo uma denúncia de um funcionário, que apontou uma irregularidade na mudança de posicionamento da prateleira que causou o acidente. A estrutura metálica não foi desmontada para a troca de local. Em um vídeo divulgado pela revista eletrônica, a estrutura aparece torta. As imagens já estão sob posse dos investigadores, e um inquérito foi aberto para apurar as denúncias

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional.

Vítima do desabamento de prateleiras em mercado tirou sua última foto minutos antes do acidente

A tragédia ocorrida em um supermercado de São Luís, capital do Maranhão, culminou com a morte de Elane de Oliveira Rodrigues, de 20 anos. A funcionária do local estava próxima ao término do expediente de trabalho.

O caso foi registrado no Supermercado Mix Mateus Atacarejo, e consistiu no desabamento de gôndolas carregas de mercadoria.

A partir das câmeras de segurança do local é possível identificar que o acidente foi provocado por uma empilhadeira. Ao derrubar uma das prateleiras, acabou provocando um efeito dominó, levando outras três ao chão.

Quem estava nas proximidades acabou ficando soterrado, resultando em outras oito pessoas feridas, além da morte de Elane.

O óbito foi confirmado na madrugada deste sábado (3). A jovem chegou a ser socorrida, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

Em entrevista ao portal Metrópoles, os familiares da vítima recordam o entusiasmo que Elane apresentava, em virtude da consolidação da vaga no emprego. “Ela estava tão feliz com a vaga de emprego, pois tinha pouco tempo que ela tinha na empresa”, conta Ruan Alysson, primo da vítima.

A jovem trabalhava como repositora de mercadorias no supermercado havia três meses. Ainda segundo o primo da vítima, a foto na qual aparece vestindo o uniforme da empresa foi tirada no dia da tragédia.

Elane morava com o pai em São Luís. Sua mãe e mais dois irmãos, com 17 e 25 anos, moram em Viseu, cidade do interior do Maranhão onde ela nasceu.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional.