Dr. Jairinho foi a festa de aniversário algumas horas depois da morte do menino Henry Borel e tem conversa reservada com o pai

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (11).O vereador Dr. Jairinho, preso suspeito da morte do menino Henry Borel de 4 nos, esteve presente em uma festa de aniversário algumas horas após a morte de Henry Borel. Ana Carolina Netto, ex-mulher do vereador, afirmou em depoimento que Jairinho esteve boa parte do tempo em conversa reservada com o pai, o Coronel Jairo, ex-deputado estadual. Estas informações foram divulgadas pelo jornal O Dia, neste domingo.

Segundo informações, a escolha do advogado do Dr.Jairinho, André França Barreto, se deu por indicação do pai do parlamentar no dia da festa de aniversário quando se encontraram. O advogado é o mesmo que atuou na defesa do ex-deputado durante a operação Furna da onça, em 2018, em que Jairo foi preso.

Ana Carolina Netto, mãe dos filhos de Jairinho, afirmou em depoimento que soube da morte de Henry Borel no dia 8 de março por intermédio do motorista do parlamentar.“Ele disse que o menino havia falecido mas não soube explicar o motivo, só dizendo que Jairinho estava no hospital”, disse. Ana ainda confirmou que naquele mesmo dia à noite foi com os filhos a uma festa da irmã de Jairinho e sua ex-cunhada, Thalita, que aconteceu na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde disse perceber um “clima pesado” na família.O menino Henry Borel havia sido morto na madrugada do dia anterior.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Diagnosticado pela segunda vez com a Covid-19, vereador é internado em Hospital de Campanha

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (08). O vereador baiano Pedro Américo, do DEM, de Feira de Santana precisou ser internado na manhã de ontem, terça-feira (07) após ser diagnosticado pela segunda vez com a Covid-19, se enquadrando em um caso de reinfecção.

Segundo as informações disponibilizadas pela assessoria de imprensa do político, ainda ontem o vereador havia ficado sem ar e foi hospitalizado para ser observado, no Hospital de Campanha de Feira de Santana, onde também realiza exames.

O vereador Pedro Américo testou positivo para a Covid-19 em junho do ano passado e agora, foi testando pela segunda vez, quando realizou a testagem em massa junto aos servidores na Casa da Cidadania, na semana passada. O resultado foi liberado ontem e após sentir falta de ar, decidiu por se internar.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Após se desentenderem, vereadora joga microfone e acerta na testa de colega que precisou ir ao hospital: “Vou na delegacia!”

De certa forma, o povo brasileiro já está acostumado com as confusões e brigas que ocorrem no meio da política. Contudo, o que ocorreu nesta sexta-feira (19) passou bastante dos limites.

Ver os representantes do povo em meio a confusões e falta de decoro infelizmente se tornou rotina para o brasileiro. Dessa vez, a Câmara de Vereadores da cidade de Itaguaçu, no interior da Bahia, foi palco de uma verdadeira confusão, que inclusive resultou no fim da sessão do dia. De acordo com informações preliminares, o vereador Antônio de Jonas acabou agredido por uma colega, a presidente da Casa Legislativa, Ianca da Tabatinga.

Segundo o portal Informe Baiano, eles teriam se desentendido e Antônio teria xingado e provocado a colega. Então, a situação saiu de controle e se transformou numa briga com agressões físicas. A vereadora teria jogado um microfone contra a testa de Antônio, que acabou ficando ensanguentado. Quando percebeu que estava ferido, ele exclamou “Tira uma foto aí desse sangue! Tira uma foto aí! Eu vou na delegacia!”

Depois do ocorrido, o vereador recebeu assistência médica. Até o momento, não há confirmação sobre o que fez os ânimos ficarem tão fora de controle na câmara. O caso segue repercutindo nas redes.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Dias d’Ávila: Após mais de 1 mês internado, morre o médico e vereador Dr. Zé Carlos em consequência da covid-19

Na tarde desta segunda-feira (15), o povo fico diante de mais uma perda na política. Morreu o vereador e médico José Carlos Prado Coreia (PSD).

José Carlos era vereador na cidade de Dias d’Ávila, que fica na região Metropolitana de Salvador. Aos 62 anos, ele estava internado em Salvador e lutava contra a covid-19. No Hospital São Rafael, Zé Carlos chegou a ficar internado por mais de 30 dias, mas teve uma piora crítica e não resistiu, falecendo  nesta segunda-feira.

Além de vereador, ele era médico e ficou conhecido como Dr. Zé Carlos. Durante a sua trajetória, Zé Carlos também autuou como presidente da Câmara de Vereadores e era marido de Jussara Márcia, ex-prefeita de Dias D’Ávila. Nas últimas eleições, Zé foi o vereador mais votado da cidade e sua partida gerou grande comoção popular.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.