Ministro da Saúde diz que a vacinação contra o coronavírus pode começar ainda em dezembro: “Caráter emergencial”

Uma declaração trouxe boas perspectivas ao povo nesta quarta-feira (9). O ministro da Saúdo afirmou que a vacinação no Brasil pode começar ainda neste mês, o que é mais breve do que o esperado. Contudo, ele explicou o que falta para isso acontecer.

Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, afirmou hoje que a vacinação contra o coronavírus poderia acontecer em caráter emergencial. Então, ele também relatou que isso faria com que a imunização começasse ainda em dezembro deste ano. Contudo, para o início da vacinação em um protocolo emergencial, é necessária uma autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Feito isso, o governo conseguiria concluir o contrato com o laboratório Pfizer e assim disponibilizar a vacina o quanto antes. Em entrevista ao portal CNN, Pazuello explicou as perspectivas quanto a isso:

“O uso emergencial pode acontecer agora, em dezembro, por exemplo? Em hipótese, se nós tivermos as doses recebidas, se nós fecharmos o contrato com a Pfizer. Isso pode acontecer no final de dezembro e começo de janeiro. Mas em doses pequenas.” Mas não é só isso.

Quando a vacinação realmente começar, ela irá priorizar os profissionais da saúde e outros grupos de risco, como os idosos. Essa ordem de vacinação assegurará um funcionamento mais efetivo e seguro nos centros de saúde também proverá proteção para aqueles que mais são afetados e precisam de leitos, diminuindo a sobrecarga dos hospitais a longo prazo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.