‘Temos uma conversa em 2022’, diz Bolsonaro, que volta a ameaçar não renovar a concessão da Rede Globo no ano que vem

O presidente Bolsonaro teve um encontro com simpatizantes no Palácio do Alvorada, nessa segunda-feira (22), e voltou a comentar sobre a renovação da concessão da Rede Globo, que vence em outubro de 2022. Bolsonaro disse em tom de ameaça: “A Globo tem encontro comigo ano que vem. Encontro com a verdade”. E ressaltou: “Não vou perseguir ninguém. Tem que estar com as certidões negativas em dia, um montão de coisas aí”. O presidente da República, apesar da ameaça, não pode decidir sozinho sobre a renovação ou não de uma concessão de TV.

Bolsonaro fez um paralelo com a vida no Exército: “Igual à parada matinal: tem que estar arrumadinho. Ela e qualquer outra empresa.”

O chefe do executivo federal já havia falado sobre esse assunto em outubro de 2019, e na ocasião ameaçou a concessão da emissora carioca. Bolsonaro fez ataques a emissora em uma “live” no Facebook, em resposta a uma matéria exibida no “Jornal Nacional” sobre as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), em 2018. O presidente fez ataques direcionados à emissora e disse:
“Temos uma conversa em 2022. Eu tenho que estar morto até lá. Porque o processo de renovação da concessão não vai ser perseguição. Nem pra vocês nem pra TV nem rádio nenhuma. Mas o processo tem que estar enxuto, tem que estar legal. Não vai ter jeitinho pra vocês, nem pra ninguém”.

Bolsonaro repetiu a mesma ameaça em maio de 2020, diante da cobertura que a emissora fazia da pandemia de Covid-19. “Não vou dar dinheiro para vocês. Globo, não tem dinheiro para vocês. Em 2022… Não é ameaça não. Assim como faço para todo mundo, vai ter que estar direitinho a contabilidade, para que você [Globo] possa ter sua concessão renovada. Se não tiver tudo certo, não renovo a de vocês nem a de ninguém”.

De acordo a Constituição Federal, o presidente da República sozinho não tem esse poder de renovar ou não uma concessão. A empresa que busca a renovação precisa demonstrar regularidade fiscal, equilíbrio econômico e provar que está efetivamente em operação. A interrupção de concessões no meio do contrato só pode acontecer diante de decisão judicial.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Justiça condena Globo e Drauzio Varella a pagar indenização de R$ 150 mil a pai de menino morto

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (23). Uma entrevista exibida pelo ‘Fantástico’ em março de 2020, resultou na condenação do médico Drauzio Varella e da TV Globo e respectiva reparação por danos morais no valor de R$ 150 mil. Entenda…

Na ocasião o doutor Drauzio Varella entrevistou Suzy Oliveira, condenada pela justiça por tirar a vida de uma criança de nove anos. A ação foi movida pelo pai do menino que repudiou a postura da emissora de televisão e de Drauzio Varella, a qual repercutiu muito nas redes sociais. O julgamento aconteceu em primeira instância e foi assinado pela Juíza Regina Oliveira Marques, do Tribunal de Justiça de São Paulo, com a decisão judicial sendo embasada no fato do pai do menino “sofrer novo abalo psicológico ao reviver os fatos” após lembrar e reviver o caso quando procurado pela imprensa.

‘‘Por todo o exposto, julgo parcialmente procedente o pedido inicial para condenar solidariamente os requeridos ao pagamento ao autor de indenização por danos morais no importe de R$ 150.000,00 devidamente corrigido e acrescido de juros de 1% ao mês, ambos desde a data da sentença até o efetivo pagamento’’. O julgamento faz referências à entrevista de Suzy e traz a ‘piedade social’ como argumento. A decisão aconteceu em primeira instância e ainda cabe recurso e a TV Globo comunicou que não se posiciona em questões judiciais ainda em curso.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Bolsonaro demonstra bastante irritação ao critica o apresentador William Bonner: ‘’TV Globo é a TV funerária’’

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (23). Irritado com tantos ataques sofridos pela Rede Globo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), decidiu manifestar a sua indignação em conversa com simpatizantes em frente ao Palácio da Alvorada.

Na ocasião o chefe do executivo federal estava visivelmente irritado e desabafou.‘’Sabemos que esse vírus está matando, em especial, o mais idoso e etc. Mas temos que ter os números concretos. A TV Globo, por exemplo, a TV funerária – William Bonner parece que ganhou na mega-sena quando anuncia:‘ O maior recorde de mortes’.

O presidente Bolsonaro disse que protocolou uma solicitação ao Ministério da Saúde, reivindicando um estudo sobre as principais causas de mortes no país nos últimos anos. Na sequência Bolsonaro comentou que estes dados serão divulgados no Comitê de Crise da Covid, o qual congrega os presidentes do Senado e Câmara federais.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.