Mãe de Henry Borel troca de advogado e casal agora aposta na estratégia de defesas separadas

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (13). A mãe do menino Henry Borel, Monique Medeiros, presa por suspeita de participação na morte do menino, está com novo advogado a partir dessa segunda-feira (12).O novo advogado, Thiago Minagé, confirmou por meio de nota ter assumido a defesa de Monique e disse estar comprometido somente com a verdade. Mas não é só isso…

Esta decisão, entretanto, foi tomada com a ajuda do advogado André França, que disse ter incentivado durante visita no presídio em Niterói, local onde Monique estar presa em isolamento desde a quinta-feira (8). De acordo com André França, a decisão foi tomada quando ele soube da existência de prints, os quais afirmou ter tido conhecimento pela imprensa. A troca de mensagens entre Monique e a babá acerca de agressões do Dr. Jairinho contra Henry aconteceram, de acordo com a polícia, um mês antes da morte do menino Henry.

A defesa do vereador Dr. Jairinho continua sendo feita pelo advogado André França que é acusado de cometer crimes como coação de testemunhas e obstrução de justiça. O casal Dr. Jairinho e Monique Medeiros tiveram negado o pedido de liberdade provisória pela justiça nesta segunda-feira (12), por atrapalhar as investigações do caso Henry Borel.

O responsável pelo andamento das investigações, o delegado Henrique Damasceno afirmou não ter a menor dúvida sobre o envolvimento do padrasto e a mãe do menino que segundo ele são os responsáveis pela morte de Henry. Diante das acusações o casal deverá ser indiciado por homicídio duplamente qualificado com emprego de tortura e sem chances de defesa da vítima, segundo informou a Polícia Civil. Laudo emitido pelo Instituto Médico Legal (IML), mostra 23 lesões distribuídas pelo corpo de Henry descartando a hipótese de acidente doméstico.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.