Depois de dar à luz a trigêmeos, mãe precisa ser entubada com agravamento de quadro de covid

Mais uma notícia tem sido destaque nesta quarta-feira (3). Desta vez foi uma mãe, Carolina Gotardo, 39 anos, que após ter dado à luz a trigêmeos no dia (24/2), teve seu estado de saúde agravado por uma infecção causada pela covid 19.   

Apesar do estado clínico de Carolina, ela permanece estável e o pai dos bebês que tem estado presente é o suporte necessário até a sua recuperação. Carolina e os bebês que não foram infectados continuam internados em Chapecó, Oeste de Santa Catarina.  

O pai dos bebês, Irno Gotardo, de 43 anos, tem estado próximo e conta a emoção de ver os filhos: “Eu estava muito apreensivo, foi uma sensação maravilhosa vê-los. Até porque não é todo dia que a gente é pai de trigêmeos. Eles estão bem e aceitando bem a dieta. Enquanto a gente não enxerga [os filhos], fica imaginando mil coisas. Valeu a pena, foi sensacional”, disse Irno. 

A família tem se organizado para dá apoio ao pai dos bebês que está afastado de suas atividades há três semanas: “Montamos um flyer para arrecadar dinheiro para ajudar o Irno. Ele é vendedor autônomo, está nesta correria de hospital e não consegue trabalhar. É gasolina, alimentação, as contas de casa. O objetivo é ajudar ele enquanto está nesta função”, afirmou Fernanda, que é cunhada de Irno 

Apesar da melhora, a família se mantém cautelosa quanto à saúde de Carolina e dos bebês: “A Carol ainda continua entubada, os resultados deram um pouco mais positivo. O pulmão está reagindo, mas os rins não estão correspondendo, pode ter a possibilidade de ela fazer hemodiálise. Mas já teve esse sinal de melhora em relação aos pulmões. Estamos na expectativa que o quanto antes ela tenha bons resultados, volte para casa e traga os nosso pequenos”, afirmou o marido. 

Os bebês nasceram com 1,2kg e continuam internados. Carolina, que é mãe de mais três crianças, relata o susto ao descobrir a gravidez de trigêmeos, mas afirma já ter tido o pressentimento desde o início. 

Da redação do Acontece na Bahia 

 

    

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Social.

Após dar luz de trigêmeos, Mãe é intubada com Covid-19 e infecção no pulmão um dia após o parto

Uma triste notícia circulou nas redes nesta manhã de quarta-feira (3) e chamou atenção dos internautas. Carolina Gotardo, de 39 anos, foi intubada logo após dar à luz aos três bebes Manoela, Alice e Théo, devido à infecção com o coronavírus.

A mulher apresenta uma grave infecção no órgão respiratório, porém, os três bebês foram testados e apontaram negativo para infecção.

A mulher possivelmente contraiu a doença em uma ida ao hospital no dia 8 de fevereiro para tratar uma alteração no seu quadro de diabetes. Assim, a mulher apresentou após sete dias os sintomas da infecção com o novo coronavírus e teve que retornar à unidade de saúde no dia 22 de fevereiro.

Assim, a mulher teve os trigêmeos no dia 24 de fevereiro no município de Chapecó, em Santa Catarina, dois dias após ter sido internada pela doença infecciosa. Dessa forma, o pai das crianças, Irno Gotardo, 43 anos, só conseguiu ver os bebês pessoalmente nesta segunda-feira (1º).

Nesse contexto, Carolina tem respondido bem ao tratamento. De acordo com o esposo da mulher, os pulmões dela estão reagindo bem ao tratamento, mas os rins possivelmente precisarão passar por hemodiálise.

“Estamos na expectativa que o quanto antes ela tenha bons resultados, volte para casa e traga os nosso pequenos”, disse Irno em entrevista.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Pai dos trigêmeos que perderam a mãe após o parto em SC recebe doações, agradece e desabafa: “Realmente não tinha nem condições de comprar e vocês me ajudaram”

Nesta terça-feira (2) uma história ganhou as manchetes. Isso porque a solidariedade mais uma vez está salvando a vida de uma família.

As boas ações dessa vez estão ajudando a manter a família dos trigemeos nascidos semana passada em Itajaí e que perderam a mãe ( Camila Cassimiro da Conceição, de 32 anos) após o parto.

O pai dos gêmeos, José Cleber Xavier Cardoso, que também possuía com Camila outros quatro filhos, cuidará sozinho das sete crianças. Durante essa semana, a família recebeu doações de fraldas, leites, alimentos e roupas. Além disso, uma vaquinha online foi feita para arrecadar dinheiro e até agora mais de R$ 208 mil reais foram arrecadados.
José desabafou e agradeceu em conversa com o portal Globo:
“Só tenho que agradecer a todos vocês por essa ajuda maravilhosa que eu realmente não tinha nem condições de comprar e vocês me ajudaram em bastante coisa”

Na ultima quinta feira (28), Camila faleceu após uma cirurgia realizada para conter um sangramento. A causa da morte ainda é investigada pela Polícia Civil e mantida em sigilo. Os bebês receberam alta na manhã da sexta feira (29) e seus nascimentos foram motivo de comemoração pois haviam sido um parto raro no Hospital Maternidade Marieta Konder Bornhausen.

Camila foi enterrada em Sergipe, sexta feira, no povoado Assentamento Sete Brejo, local onde nasceu.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Esposo de mulher que morreu após dar luz à trigêmeos desabafa depois da perda: “Tenho de seguir em frente, vai dar tudo certo”

Uma notícia estampou as manchetes dos jornais brasileiros nesta manhã de sexta-feira (29). O marido de Camila Cassimiro da Conceição, que faleceu ontem (28) após dar à luz à trigêmeos, desabafou sobre a perda da companheira.

“Ela desceu, aí eu não pude descer, eu aí já não vi mais nada, não consegui acompanhar ela, não fiquei junto com ela”, afirmou José Cleber Xavier Cardoso, de 34 anos, companheiro de Camila há 32 anos.

O homem trabalha como pedreiro na cidade de Itajaí, onde as crianças nasceram. O homem terá a importante missão de cuidar sozinho dos trigêmeos que perderam a mãe nesta quinta-feira (28).

Em entrevista ao site G1, o homem contou o que aconteceu antes da mulher falecer: A gente estava na sala, que já começou o sangramento, aí foi sangramento, foi sangramento, aí não teve jeito mais, fazendo limpeza aí ela foi lá e chamou a médica. A médica subiu e desceu com ela para a UTI. [O hospital disse] que tinha tirado o útero dela, por problema que deu com ela, que eu nem sei explicar direito”

O homem afirmou também sobre as possíveis dificuldades de criar as crianças sozinho. Ele demonstrou esperança sobre dias melhores e diz que terá sua mãe e irmãos para ajudar.

“Condições, condições eu não vou ter. Mas tenho que seguir em frente. Minha mãe está aí, vai me ajudar. Agora é pensar positivo. Vai dar tudo certo”.

Ele também falou sobre as necessidades de doações: “Quem puder pra doar, que tiver vontade de fazer uma doação e puder ajudar, estamos aí pra receber essa ajuda”.

Além dos trigêmeos, Camila teve mais quatro meninas com José Cleber, uma de 13 anos, uma de 11 e 2 gêmeas de 3 anos. Assim, o homem terá o desafio de cuidar de 7 crianças sozinho.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.