Homem reclama com tráficantes que barulho não deixava a filha dormir e é morto a tiros no quintal de sua casa

Homem reclama com tráficantes que barulho não deixava a filha dormir e é morto a tiros no quintal de sua casa

Uma notícia está sendo destaque nesta semana. Isso porque, um homem, identificado como, Thiago Freitas de Souza, teria reclamado com traficantes na Favela Santo Cristo, que o barulho que eles estavam fazendo não deixava a filha dormir. Em seguida os criminosos atiraram contra ele. O caso aconteceu em Niterói, no Rio de Janeiro.

Segundo o portal G1, a mulher contou que seu esposo teria saído de casa para pedir aos traficantes que reduzissem o barulho, pois a filha não estava conseguindo dormir.Mas como não adiantou, o marido retornou e foi novamente ao local, foi neste momento, que mulher ouviu barulho de disparos de tiro e já encontrou o seu marido no chão do quintal da casa do casal.

Ainda de acordo com a mulher, o marido foi encaminhado para o hospital Azevedo Lima, Thiago chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

De acordo com o portal, policiais Militares fizeram uma operação na favela Santo Cristo, na última sexta-feira(15). O a morte do pai de família está sendo investigado pela (DHNSG) Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Gerente de supermercado entrega suspeitos de furto para Tribunal do Crime: “Levaram para algum lugar”

Uma situação chocou várias pessoas nesta semana. Pois na tarde desta segunda-feira (26/04) dois indivíduos teriam sido mortos por traficantes da facção Vermelho. A situação ocorreu no Nordeste de Amaralina, por volta das 15h30, na região do Boqueirão.

Segundo o portal Informe Baiano, os homens teriam sido acusados de furtar um estabelecimento em Amaralina, e o gerente da empresa teria feito uma grande confusão por causa do ocorrido. Em seguida, o gerente teria acionado os traficantes que chegaram ao local da ocorrência em pouco tempo.

Os suspeitos do furto, “foram entregues” aos traficantes que levaram os “acusados” para dentro de uma comunidade, onde segundo testemunhas, teria ocorrido uma sessão de tortura e o assassinato de ambos.

“Eu não tenho certeza se eles estavam furtando mesmo e independente disso não poderiam ter entregue eles para os traficantes. Eu não sei se eles ligaram, mas fizeram um escândalo grande. Tem que mostrar a foto aí pra ver se as famílias aparecem. Podem ser pessoas de bem também. Absurdo o que aconteceu. Mais de 10 cabeças”, informou a testemunha.

 Ainda de acordo com o site, os traficantes teriam compartilhado no WhatsApp fotos dos homens vivos e depois mortos. As testemunhas informaram que as vítimas, levaram pauladas, facadas e tiros de fuzil 762 e que em seguida  “colocaram os corpos na mala de um carro e levaram para algum lugar”. informou a testemunha.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.