Fórum da Justiça do Trabalho ganha unidade do SineBahia

A Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e o Tribunal Regional do Trabalho na Bahia (TRT-5) inauguraram, nesta segunda-feira (20), uma unidade do SineBahia no Fórum da Justiça do Trabalho, no bairro do Comércio, em Salvador. Inicialmente, o posto vai realizar intermediação para o trabalho formal e habilitação ao seguro-desemprego, de segunda a sexta-feira, das 8 às 15h, com atendimento exclusivo para pessoas com processos na Justiça do Trabalho.

“Há previsão de implantarmos também os serviços de cálculo trabalhista e cursos de qualificação profissional para contribuir na consolidação dessa iniciativa pioneira, que deve se espalhar pelo Brasil. A ação integrada interinstitucional reforça a luta por direitos e valorização do trabalho decente”, destacou o titular da Setre, Davidson Magalhães, durante a inauguração.

De acordo com a presidente do TRT-5, desembargadora Débora Machado, a abertura do posto do SineBahia é um projeto-piloto para implantação do primeiro SAC Trabalhista do país. “Estamos iniciando com essa parceria do Governo do Estado, que vai atender cidadãos que buscam recolocação no mercado de trabalho, por meio do SineBahia, um sistema de intermediação de mão de obra de reconhecimento elevado, que já ajudou a devolver a dignidade a milhares de trabalhadores. Posteriormente, outras instituições também serão agregadas a esse posto de atendimento”, ressaltou.

A previsão é que nos próximos meses o SAC Trabalhista seja totalmente implementado, com postos do Ministério Público do Trabalho (MPT), Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Serviço Nacional do Comércio (Senac), Superintendência Regional do Trabalho e Serviço Nacional da Indústria (Senai).

Estiveram presentes na solenidade a corregedora e vice-corregedora do TRT-5, desembargadoras Luiza Lomba e Léa Nunes; a vice-presidente da OAB-BA, Christianne Gurgel; a procuradora Séfora Char, representando o MPT; a superintendente regional do Trabalho na Bahia, Gleide Lúcia Oliveira; o superintendente da Caixa Econômica Federal, Eduardo Muta; o diretor regional do Senai, Rodrigo Vasconcelos Alves; o diretor regional do Senac, Luiz Carlos Abreu; a gerente executiva do INSS, Léa Amorim; o vice-presidente da Abat, Rodrigo Olivieri; magistrados, advogados e servidores.

Da SECOM BA

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Após homem passar a mão nela a caminho do trabalho, mulher procura imagens para identificá-lo e resolve mudar visual para tentar mudar visual para se disfarçar

Um ciclista agressor surpreendeu uma mulher de 37 anos, ao passar a mão no corpo dela, no momento em que ambos estavam pedalando por uma rua em Praia Grande, no litoral de São Paulo. A mulher disse ao portal G1, nesse domingo (4), que estava indo para o trabalho. A ciclista disse que deixou de fazer o percurso sozinha e até mudou sua aparência por medo de reencontrar o agressor.

A mulher agredida, que é atendente de supermercado, não quis se identificar e falou que faz o percurso há anos e nunca passou por situação semelhante. Segundo a mulher, ela pedalava em direção ao trabalho, como sempre fazia, e foi surpreendida com a atitude do homem que passou a mão em seu corpo.

Logo depois da ação, o agressor pedalou mais rápido que a mulher e fugiu do local. “Foi muito rápido. Eu olhei para trás pra ver e pedir ajuda, ver se alguém tinha visto, mas não tinha ninguém”, contou. A agressão aconteceu por volta de 6h45, na Rua Santa Rita de Cássia, na Vila Caiçara.

“Isso é coisa que a gente nunca acha que vai acontecer, me senti invadida demais. O povo fala ‘ah, tem mulher que anda muito despida’, mas eu estava indo paro o meu trabalho, vem uma pessoa e achou que tem o direito de fazer aquilo comigo”, lamentou.

“Acho que se eu estivesse um pouco mais para trás [fundo da rua], não sei o que poderia ter acontecido comigo”, comentou. A mulher esperou sair do trabalho e procurou por câmeras de monitoramento que poderiam ter filmado o ocorrido e conseguiu imagens da agressão.

Após a agressão que sofreu, a mulher revelou que seu estado psicológico não está bem e que tem pedido ajuda de colegas para ter companhia em seu trajeto até o trabalho. Para dificultar a identificação pelo agressor, a mulher disse que mudou o aspecto de seu cabelo.

“Não sei nem o que fazer. Estou com muito medo mesmo”, disse temerosa. A mulher contou também que não está conseguindo dormir direito e que tem se assustado com aproximações repentinas de pessoas. “Estou muito traumatizada”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Alagoinhas: Faltando 3 dias para se casar, rapaz morre enquanto trabalhava depois que estrutura de muro desabou

Após sair para trabalhar, ele acabou não retornando para casa. O casamento estaria marcado já para o próximo final de semana.

Em Alagoinhas, na Bahia, um rapaz de 18 anos saiu de casa para trabalhar nesta quarta-feira (10). Contudo, não imaginava que perderia a vida precocemente. Identificado como Welligton Nunes da Silva, o jovem foi surpreendido no local de trabalho por um muro que desabou. Parte da estrutura o atingiu com muita força e ele não resistiu, falecendo no local. Mas não termina aí.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda chegou a atendê-lo no local, mas o rapaz não conseguiu resistir. De acordo com informações de populares, o rapaz era muito trabalhador e já estava com o casamento marcado para o próximo final de semana. Nas redes sociais, um amigo de Welligton escreveu:

“Infelizmente saímos de casa para trabalhar, para adquirir o pão de cada dia, mas não sabemos se voltamos para casa. Vai com Deus, mano.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional, Regional.

No trabalho, açougueiro tira a vida de ex-colega de trabalho e para centro da cidade

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quinta-feira (14). Um crime cometido no centro de Belo Horizonte, nessa quarta-feira (13), assustou a quem passava pelo local. Segundo a Polícia Militar, um funcionário de um açougue esfaqueou e matou um ex-colega de trabalho na rua dos Tupis, entre rua Carijós e avenida do Contorno.

Testemunhas relataram que a vítima era um ex-funcionário do açougue e havia ido até o local nessa tarde. O açougueiro com uma faca atacou o ex-colega de trabalho, por motivo ainda desconhecido, levando-o a óbito. Após ter cometido o crime, o açougueiro fugiu do local e está sendo procurado pelas autoridades. O crime ainda está sendo investigado pela polícia.

A vítima, que tinha 45 anos, foi atingida no tórax e chegou a receber atendimento do (Samu), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas faleceu no local. O corpo do homem ficou no local do crime aguardando a perícia da Polícia Civil. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil que procura saber a motivação para o crime.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.