300 funcionários de empresa acabam infectados pela covid-19 e empresa mantém trabalho presencial, diz portal

Uma notícia tem causado preocupação nesta sexta-feira (12). A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), passa por uma situação dramática com pelo menos 300 de seus empregados infectados pela covid-19 e alguns deles em estado grave necessitando de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apesar do elevado número de pessoas infectadas e do iminente perigo de contágio, a empresa mantém suas atividades normalmente. 

Ao contrário do que se esperava diante dos problemas sanitários ocasionados pelo início da crise, a empresa continuou com os serviços essenciais como água, coleta e tratamento de esgoto optando pelo teletrabalho. De acordo com o portal metrópoles, agora, diante da atual situação com possibilidade real de disseminação do vírus, a empresa continua com o trabalho presencial. 

O quadro de funcionários da empresa gira em torno de 2,3 mil colaboradores e 300 funcionários contaminados equivalem a 13% do total. Esta situação além de preocupar os funcionários como um todo tem deixado os dirigentes apavorados com a possibilidade de diminuição da mão de obra em função dos afastamentos por contaminação do vírus. 

Na sede principal da empresa houve uma reunião no dia (10) organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal (Sindágua-DF) e no centro da discussão a pandemia. A sede da empresa localizada em Águas Claras concentra a metade dos infectados. 

Da redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Social.