Salvador: “Pai” é preso sob suspeita de torturar e matar o próprio filho, de 1 ano de idade, com agressões

Uma notícia chocante tem sido destaque nesta quinta-feira (20). Isso, porque um homem foi preso sob suspeita de ter torturado o filho de um ano e seis meses de idade.

Um homem, que não teve sua identidade revelada por conta da Lei de Abuso de Autoridade, foi preso nesta quarta-feira (20), no bairro de Periperi, Subúrbio de Salvador, sob suspeita de ter torturado e matado o próprio filho, um bebê de 1 ano de idade.

A criança foi encontrada com lesões na cabeça, pênis e perna, tendo diversas paradas cardíacas. O bebê chegou a ser levado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu e acabou morrendo. O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

“Segundo relatou a mãe, a criança estava sob responsabilidade do pai enquanto ela trabalhava. O genitor foi localizado e, diante da narrativa confusa, recebeu voz de prisão em flagrante por tortura qualificada”, informou a titular da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra Criança e o Adolescente (Dercca), Simone Moutinho.

Após a morte da criança, se ficar comprovada a autoria do pai, ele também responderá pelo crime de homicídio. “No depoimento, o pai informou que o filho se afogou em um balde e que ele levou a criança para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), porém os médicos da unidade informaram que a criança tinha hematomas por todo o corpo e regularam para o HGE. explicou a delegada.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Criança de 5 anos precisou ser hospitalizada para passar por cirurgia após padrasto o agredir

Após ser torturado pelo padrasto, Criança de 5 anos precisou ser hospitalizada para passar por cirurgia.

Uma notícia divulgada nesta sexta-feira (22), deixou a população revoltada. Pois ultimamente, vem ocorrendo vários casos de violência infantil, e infelizmente esse é mais um caso. Após sofrer várias torturas pelo padrasto, uma criança de apenas 5 anos, teve que passar por uma cirurgia nesta terça-feira (22/04), em decorrência das violências sofridas.

O crime ocorreu na região de Pão de Açúcar, que fica em Alagoas.. O Hospital de Emergência do Agreste, que recebeu a criança, informou que ela esta internada, mas o estado de saúde é estável.

Crime

Segundo informações do portal Metrópoles, os médicos que estão acompanhando o caso do menino, relataram que a criança, era constantemente agredida e torturada, sendo mantida em cárcere privado, ou seja, quando o indivíduo não tem liberdade para sair. Os profissionais da saúde relataram que a mãe não ligou muito para a situação que estava ocorrendo, e não fez qualquer tipo de acusação contra o padrasto da criança.

Entretanto, a mãe da criança de 5 anos, presenciou uma cena de brutalidade e covardia sendo deferido contra a criança. O menino, estava bastante machucado, precisando urgentemente ser levado para o hospital. Ainda de acordo com o site, as informações são que durante o trajeto, o carro do Samu pegou fogo, porém ninguém ficou ferido.

Mãe e filho foram resgatados no recinto, onde o veículo teria pegado fogo. E em seguida foram encaminhados para  um Hospital de Emergência. O caso se complicou ainda mais, pois a mãe, na hora de contar o que teria acontecido, contou que o filho teria se machucado, ao cair do cavalo. Mas os médicos, observando o estado do corpo da criança, não acreditaram na mulher.

Ainda de acordo com os médicos que estavam de plantão, o menino chegou ao hospital com marcas de ferro quente nas nádegas. E a barbaridade não parou por aí. Os profissionais da saúde constataram que a criança, estava com duas costelas quebradas, os órgão genitais estavam feridos e os olhos estavam bastantes inchados.

Preso

Com toda essa matéria de informação sobre o caso. A Polícia foi comunicada sobre o ocorrido, e o suspeito foi preso. O padrasto da criança, de 27 anos, foi encontrado em casa, dormindo.

O Homem estava no mesmo cômodo da casa que uma criança de 9 anos estava. Os agentes informaram que, ela era a sua enteada, e que assim como a criança de 5 anos, ela também sofria agressões do padrasto. A menina foi encaminhada pelo Conselho Tutelar, a ficar com a avó.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.