Câmera de segurança registra o momento exato que mulher mata acidentalmente namorado enquanto manuseava arma de fogo

Uma história com final dramático tem chamado a atenção dos internautas nesta manhã de terça-feira (4). Câmeras de segurança registraram o exato momento que uma mulher dispara acidentalmente uma arma e acaba matando o próprio namorado.

O caso aconteceu no último sábado (1), na Rua 210, no Areal, bairro de Arniqueira, Distrito Federal. A gravação foi feita às 3h02 e mostra o momento que Ardila Alves Rodrigues, 24 anos, manuseava a arma de fogo em sua residência e acaba efetuando o disparo.

No vídeo, a mulher aponta a arma e dispara contra Daniel dos Santos Gomes, 26, que foi atingido no peito. Em seguida, três pessoas correm para tentar socorrer a vítima.

Ele foi levado pelas pessoas para o carro e levado para o Hospital Santa Marta, já desacordado. Ao chegar no hospital, a morte foi constatada.

A polícia investiga melhor o caso e trata, atualmente, como um homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) está a frente do caso.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Polícia conclui que tiro que matou o primo e assessor do cantor sertanejo Leonardo, foi acidental, disparado por ele mesmo

A Polícia Civil de Goiás, divulgou nesta quarta-feira (24), que o assessor e primo do cantor Leonardo, Nilton Rodrigues da Silva,de 60 anos, veio a falecer por causa de um tiro acidental.O delegado, que comandou as investigações, Gilvan Borges, declarou que nenhuma pessoa foi indiciada pelo acidente, e que sugeriu ao Ministério Público de Goiás (MPGO) o arquivamento do caso.

“Concluímos que foi morte por disparo acidental de arma de fogo em que ele atirou em si próprio. Nesse caso, ninguém que estava no local é indiciado. O laudo da balística ainda não ficou pronto, mas finalizei a investigação com o laudo do local do crime, que apontou a causa da morte como acidental”, informou o delegado ao portal G1.

Segundo o portal Metrópoles, com informações do G1, testemunhas informaram ao delegado que a arma Glok 380, que ocasionou a morte do assessor, mas conhecido como Passim, era de uso pessoal, portanto, não era necessário para seu uso profissional.  “A arma era dele, para defesa pessoal, mas não estava registrada”, afirmou o delegado.

De acordo com o portal G1, segundo testemunhas, o cantor sertanejo Leonardo, deu por falta de Passim na fazenda, no fim da manhã de 4 de março. Sendo assim, ele foi na suíte em que o assessor estava, entretanto não conseguiu entrar no local. Após pedir para que funcionários arrombassem a porta, Leonardo encontrou o corpo do seu primo, Nilton Rodrigues.

Ainda de acordo com a matéria, Nilton foi encontrado já sem vida dentro do banheiro de seu quarto. Por meios das investigações, foi possível apurar que ele teria atirado de forma acidental em sua mãe e na sua própria perna. Os investigadores também apuraram que o primo do cantor Leonardo estava sozinho na hora do ocorrido e que ele teria tentado estancar o sangue, mas não reagiu a hemorragia. 

Os agentes concluíram que os tiros foram disparados por volta das 2 horas, entretanto, o corpo do assessor só foi encontrado às 12h30.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.