Vídeo: Cantor Tierry se revolta e demite motorista após ele fazer manobra perigosa no ônibus da banda

Apesar de trazer músicas de “sofrência” e às vezes até com tom mais descontraído, o cantor Tierry precisou falar sério nesse domingo (17). Depois da grande repercussão do que o motorista fez, ele tomou uma decisão.

Nas redes sociais um vídeo roubou a cena. Trata-se do momento em que um ônibus, veículo que seria usado pelo cantor Tierry para viajar com a banda, fez manobras arriscadíssimas, colocando em risco a vida dos passageiros e de outras pessoas que dirigiam pela estrada. Então, o cantor veio a público dar uma satisfação sobre a história e afirmou que tomou uma atitude. Confira o que o cantor disse e também as imagens:

“Depois dos inúmeros questionamentos que foram feitos a mim, tive de vir aqui me pronunciar sobre esta atitude imprudente e inaceitável do motorista que colocou tantas vidas em risco”, iniciou Tierry.

“Estou assustado com tamanha imprudência, mas agradecendo a Deus pelo livramento que foi dado a todos nós, a mim, que corriqueiramente estou ai, indo de uma cidade pra outra (quando não há transporte aéreo) e a minha equipe, meus amigos e companheiros de estrada, pais de família[…] Estamos em turnê no Pará e, infelizmente, passamos por este susto terrível, que ocorreu ontem pela manhã. Lamentável! Que Deus nos proteja! O motorista foi desligado pela empresa responsável. Que Deus sempre conduza os passos de todos nós!”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Cantor Tierry relembra grave doença do filho: “Falaram que seria melhor deixar que ele fosse”

Um querido cantor tomou as manchetes deste domingo (10). Tierry, que estourou com a música “Ô Rita”, teve uma mudança de comportamento depois que o filho dele enfrentou um quadro grave

Durante o programa “É de Casa, Tierry” relembrou sobre a doença que colocou o filho dele, Adriel, que na época tinha 3 anos, numa UTI por 4 meses. No relato, o cantor afirmou que o filho teve uma infecção bacteriana que avançou e se tornou uma choque séptico, levando o menino a ter 5 paradas cardíacas. Emocionado, Tierry desabafou:

“Eu tive a minha fé testada quando meu filho tinha três anos. Ele teve um choque séptico por bactéria e ele teve cinco paradas cardíacas. Foram dias muito difíceis, quatro meses de UTI […] Ele usou a tão falada ECMO, a mesma usada por Paulo Gustavo. Ele ficou 45 dias usando um pulmão fora do corpo. Por cinco vezes, a gente ouviu que o Adriel não suportaria e o que o melhor era deixar que ele fosse.” Mas não termina aí.

Além disso, o cantor afirmou que essa experiência o fez mudar sua concepção sobre afetividade com a família. Tierry afirmou:

“Eu não pensava muito na questão afetiva, de ter comprometimento com o outro. E o filho vem pra poder mudar a vida da gente […]Ele teve algumas sequelas, pois foi realmente muito pesado. Mas é uma criança perfeita, não teve nenhum tipo de sequela neurológica. E é uma criança que nos ensina todos os dias a ter resiliência.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Salvador: Cantor Tierry compra mansão na cidade para presentear a mãe

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (28). O cantor Tierry, de 31 anos, resolveu presentar a sua mãe em grande estilo: uma mansão localizada em Salvador, no Alphaville. Neste condomínio de luxo da capital baiana, outros nomes de sucesso como Claudia Leitte e Xandy, do Harmonia do Samba também possuem casas.

Tierry vinha morando sozinho em um flat desde outubro do ano passado e agora, de acordo com a sua assessoria, ele deve morar com a mãe em breve em Salvador.

Por enquanto, ele se divide entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo para resolver os seus compromissos profissionais. Além de Belo Horizonte, onde ele mora com a namorada- e também cantora- Gabi Martins.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Policial cantor se emociona após fazer dueto com Tierry e comenta sobre processo administrativo na PM

Uma notícia chamou a atenção dos internautas baianos nesta terça-feira (16). O policial Militar Wellington Ferreira, conhecido também como Amado Cigano ou “policial cantor”, continua fazendo sucesso dentro e fora da polícia. Após viralizar com vídeo cantando em barzinho no bairro de Itapuã, em Salvador, o homem foi convidado para cantar ao lado do cantor Tierry, no programa SBT Folia transmitido no último sábado (13).

Em entrevista, Wellington desabafou e afirmou que a experiência foi emocionante: “Minha expectativa de ver uma ascensão na mídia nunca foi desse jeito, mas se aconteceu, eu não posso dizer que não estou muito feliz por esse carinho. Não esperava ser tão querido dentro da tropa e com o povo. Eu agradeço a Deus essa oportunidade. As pessoas puderam conhecer um pouco do meu trabalho. Agradeço muito ao SBT, que abriu as portas pela primeira vez para Amado Cigano expor ao mundo seu trabalho”

Além disso, o Policial cantor contou como as coisas mudaram desde o vídeo e fala que muitas oportunidades tem surgido para ele, mas ainda tem cautela devido à pandemia: “Tenho muita vontade de apresentar o meu trabalho e agradecer esse carinho, mas estamos nesse momento de pandemia, onde todos os dias cresce o número de casos. Então, a gente tá tendo cautela e cuidado. Muitos convites estão sendo rejeitados por conta disso”, afirmou.

O policial comentou também sobre a experiência de cantar ao lado do renomado Tierry: “Para mim, essa foi uma experiência única. Ele é super bacana e humilde. É tudo muito diferente. Minha profissão é de alto risco e eu nunca senti tanta emoção na minha vida como eu senti no SBT. A repercussão foi muito boa e agradeço a oportunidade de estar ao lado daquele ídolo”.

“Deus me colocou no momento certo para inspirar os irmãos. As pessoas não têm noção do que é o policial sair de casa e dar um beijo na família sem saber se vai voltar. Então, quando a gente tem a oportunidade de apresentar um pouco de alegria para o povo e alegrar o coração, isso não tem preço. Tenho recebido muitas mensagens dos colegas dizendo: ‘rapaz, você foi minha força para vencer a vergonha e mostrar meu talento’. Então eu creio que foi muito positiva a apresentação”, afirmou Wellington sobre a sua relação com outros policiais dentro da corporação.

Além disso, ele comentou também sobre o Processo Disciplinar Sumário (PDS) que está recebendo da polícia após seu vídeo ter viralizado. Ele afirmou estar tranquilo e assume que cometeu um erro: “Recebi de forma muito natural. As pessoas têm que entender que houve uma falha da minha parte em fazer aquela apresentação ali e a instituição tem esse procedimento normal. Não é surpresa e não é maldade de quem instaurou e abriu o processo. Eu estou super tranquilo. No final, sei que será feito da melhor forma possível, dentro do profissionalismo”.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.