China divide opiniões após começar a utilizar “testes retais” para detectar o covid: “Aumenta a taxa de detecção”

Uma história repercutiu muito nesta quarta-feira (27). Isso porque uma nova maneira de testar pacientes dividiu opiniões. Mas afinal, do que se trata?

Diante da grande demanda por testes que detectem o coronavírus, muitas tecnologias estão em desenvolvimento em paralelo às vacinas. Então, agora a China começou a aplicar um método inusitado de testagem. Para indivíduos de risco e também para os viajantes que chegam de outros países, as autoridades implementaram o uso de testes retais. Contudo, a estratégia tem uma justificativa

Em entrevista à CCTV, o médico Li Tongzeng, que trabalha no hospital You’an em Pequim, capital da China, explicou:

Segundo ele, o teste retal “aumenta a taxa de detecção de pessoas infectadas pois o coronavírus permanece mais tempo no ânus do que no trato respiratório”. Além disso, inúmeros alunos e professores passaram pelo teste recentemente, por conta de um caso assintomático que preocupou as autoridades. Entretanto, apesar de seus benefícios, o teste retal não é nada pratico quando comparado aos de nariz e garganta. Portanto, sua aplicabilidade deve ficar restrita à casos específicos.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Após teste profundo da Covid-19 em nariz, mulher tem cérebro vazado

Um caso curioso que foi publicado no JAMA Otolaryngology Head & Neck Surgery chamou atenção de todos na última quinta-feira (1). Após ser submetida a um exame para detectar infecção do coronavírus, uma mulher teve o cérebro vazado por conta do processo invasivo em seu nariz.

De acordo com a publicação, a paciente de 40 anos procurou um hospital após apresentar coriza, rigidez no pescoço, dor de cabeça e sentir um gosto metálico na boca. Ao ser consultada, ela informou que havia sido submetida a um teste para a Covid-19, antes de passar por uma cirurgia de hérnia e, dias depois, começou se sentir mal, vomitando e com dores na cabeça.

Encaminhada para um hospital universitário de Iowa, a mulher foi diagnosticada com uma massa no meio da cavidade nasal direita, depois de um exame de tomografia e ressonância magnética.

Os responsáveis pelo atendimento da mulher drenaram a massa, constatando que houve o vazamento de líquido cefalorraquidiano (LCR), que se encontra no cérebro e na coluna. O caso inédito deixou os médicos surpresos.

Depois de todo o susto e dores, a mulher se recupera bem, mas segue sendo acompanhada por neurologistas.

O teste da Covid-19 via nasal é um dos métodos mais utilizados para ser diagnosticada a presença do coronavírus no organismo. O exame consiste na coleta de secreção utilizando um swab, uma espécie de cotonete comprido, inserido na parte interna do nariz e posterior da garganta. O exame, embora seja indolor, pode causar grande incômodo, e deve ser feito entre o segundo ao 12º dia do início dos sintomas.

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Nacional.