Enquanto fazia compras no mercado, mulher encontra cobra viva na prateleira de produtos: “No início achei que fosse um brinquedo”

Uma notícia inusitada tem chamado atenção dos internautas ainda nesta quinta-feira (6). Isso, porque uma mulher acabou tomando um susto ao encontrar uma cobra viva em uma prateleira.

O fato ocorreu em um supermercado na Carolina do Norte, Estados Unidos. Enquanto fazia suas compras, no dia 19 de abril, Diane Supre se deparou com uma cobra rastejando entre as latas de feijão. Num primeiro momento, ela pensou que pudesse se tratar de um brinquedo deixado lá por alguma criança, até que viu a cobra se mover com a língua para fora.

“Achei que fosse um brinquedo de criança. Então, eu pensei ‘oh meu Deus, alguém está me pregando uma peça. Onde está a câmera?’”, revelou Diane em entrevista para a CNN

A mulher chegou a gravar o momento com o celular e alertou os funcionários do local sobre a situação. Eles rapidamente capturaram a cobra e a soltaram de volta à natureza. A espécie era inofensiva e não possuía veneno, mas uma empresa de controle de pragas foi chamada para uma avaliação completa da loja.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Internacional.

Carrefour faz depósito de R$ 1 milhão para viúva de homem negro que foi morto em uma unidade da rede, mesmo mulher negando acordo

Uma notícia repercutiu nas redes sociais nesta quinta-feira (29). Foi anunciado nesta quarta-feira (28), pelo grupo Carrefour Brasil, o depósito proposital de R$ 1 milhão para Milena Alves, viúva de João Alberto Silveira Freitas, que foi espancado por seguranças nas dependências do supermercado, em novembro de 2020, em Porto Alegre.

De acordo com as informações, a quantia foi depositada em conta bancária criada com o objetivo de consignação extrajudicial e já está acessível à Milena Alves, que ainda não tinha fechado o acordo de indenização.

O valor é a soma do patamar máximo por danos morais fixado pelo Supremo Tribunal de Justiça para casos como este e de um valor referente aos danos materiais, independentemente da comprovação que seria necessária em caso de litígio, e que geraria novos custos à viúva”, destacou a empresa.

O Carrefour confirmou também ter feito o depósito de R$ 100 mil extras na conta pessoal de Milena para ‘’ gastos mais urgentes’’ dela. Mas não é só isso…

O depósito deliberado do Carrefour aconteceu depois da viúva rejeitar o mesmo valor de R$ 1 milhão sugerido em acordo pela empresa. A defesa de Milena Alves pede na justiça uma indenização entre R$ 10 milhões e 15 milhões por danos morais e materiais.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Homem vai ao supermercado comprar alface e quando chega em casa encontra cobra dentro da sacola: “Vi saindo e começando a se mexer”

Uma história bastante peculiar aconteceu nesses últimos dias e voltou à tona nesta segunda-feira (19). Em um dia como qualquer outro, um rapaz morador da cidade da Sydney, na Austrália. Resolveu ir ao supermercado, e no meio das compras, resolveu comprar um alface. Em um primeiro momento, o homem achou que houvesse uma lagarta em seu alface, mas na verdade, se tratava de uma cobra.

“Entrei em pânico quando vi a pequena língua a saindo do boca e começando a se mexer. Foi ai que eu percebi que era uma cobra, porque normalmente os bichos do alface não tem língua” informou Alex White

O animal que pegou carona nas folhas do alface, media cerca de 20 centímetros. A pesar do seu tamanho, ela era uma serpente da cabeça pálida, muito venenosa. Segundo informações, a cobra viajou cerca de 870 quilômetros, vindo de uma fábrica onde ocorre a embalagem na cidade Toowomba, direto ao supermercado.

Sr. White e sua esposa, explicaram que após colocarem as compras na pia da cozinha, perceberam que a embalagem estava danificada, ou seja, com pequenas aberturas. Sendo assim, eles decidiram colocar o alface, dentro de uma vasilha para guardar o alimento. Após encontrarem o animal, eles ligaram imediatamente para uma central de apoio, especializados em cobras e serpentes e a cobra foi recolhida no mesmo dia.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Carrefour oferece acordo para viúva de homem espancado até a morte no mesmo valor da indenização paga pelo cachorro manchinha; mulher recusa acordo

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (3). A viúva de João Alberto, homem que morreu após ser espancado brutalmente por seguranças do supermercado Carrefour, no Rio Grande do Sul, recusou a proposta de R$ 1 milhão oferecido pela empresa.

A recusa foi feita pelos advogados de Milena Borges Alves que encerraram as negociações e devem entrar na Justiça com o pedido de uma indenização no valor de R$ 10 milhões a R$ 15 milhões.

A proposta foi recusada com o argumento de que o valor de R$ 1 milhão foi o mesmo doado pela empresa para instituições de causas animais após a polêmica do cão Manchinha, que foi espancado até a morte por um segurança também no Carrefour, em São Paulo.

O advogado Hamilton Ribeiro comparou o caso com a morte de George Floyd, que morreu após ser sufocado até a morte por um policial. Na época, os familiares da vítima receberam US$ 27 milhões de indenização.

“Quanto vale a vida de um negro afro-brasileiro e um negro afro-americano? Quando vai ter fim a síndrome do cachorro vira-lata?”, afirmou.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.