Nova pesquisa Ipespe mostra Lula na liderança em todos os cenários de 1º e 2º turnos para 2022

Foi divulgada a nova pesquisa Ipespe, que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança em todos os cenários de primeiro e segundo turno para as eleições de 2022.

As informações apuradas mostram que o ex-presidente Lula teria mais de 50% dos votos no segundo turno caso tivesse um possível confronto com Jair Bolsonaro (sem partido, mas com filiação ao PL marcada), Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) ou Eduardo Leite (PSDB).

Os outros pré-candidatos se mantiveram estáveis, além do ex-presidente Lula, tendo como base a pesquisa realizada no dia 3 de novembro.A nova pesquisa eleitoral apontou que Bolsonaro perderia para João Doria em um eventual confronto no segundo turno. Ambos apareciam empatados dentro da margem de erro na pesquisa feita anteriormente.

Lula vence em todas as opções de segundo turno

Lula – 52%

Jair Bolsonaro – 32%

Lula – 51%

Sergio Moro – 34%

Lula – 50%

Ciro Gomes – 27%

Lula – 51%

João Doria – 22%

Lula – 52%

Eduardo Leite – 20%

Jair Bolsonaro perde para Ciro Gomes e Doria e empata com Leite

Jair Bolsonaro – 33%

Ciro Gomes – 44%

Jair Bolsonaro – 35%

João Doria – 42%

Jair Bolsonaro – 35%

Eduardo Leite – 35%

O ex-presidente Lula tem mais de 40% no primeiro turno

Quando os possíveis candidatos foram apresentados como opções para o entrevistado, a pesquisa mostrou que Lula teve 42% nos dois cenários verificados (com João Doria ou Eduardo Leite como candidatos do PSDB). Os candidatos Ciro Gomes e Sergio Moro aparecem tecnicamente empatados em terceiro lugar, considerando uma margem de erro de 3,2 pontos percentuais.

Primeiro cenário apontado – com João Doria

Lula – 42%

Jair Bolsonaro – 25%

Sergio Moro – 11%

Ciro Gomes – 9%

João Doria – 2%

Luiz Henrique Mandetta-1%

Rodrigo Pacheco – 1%

Felipe D’Avila – 1%

Brancos, nulos e abstenções – 7%

Não sabem/não opinaram – 2%

Segundo cenário – com Eduardo Leite

Lula – 42%

Jair Bolsonaro – 24%

Sergio Moro – 11%

Ciro Gomes – 9%

Eduardo Leite – 2%

Luiz Henrique Mandetta- 2%

Rodrigo Pacheco – 1%

Felipe D’Avila – 1%

Brancos, nulos e abstenções – 6%

Não sabem/não opinaram – 2%

Pesquisa espontânea de primeiro turno

A pesquisa espontânea de primeiro turno acontece quando os candidatos não são apresentados como opções ao entrevistado. Neste caso, Lula, Bolsonaro, Ciro, Moro, Doria, Marina Silva, Leite e Datena foram lembrados pelas pessoas entrevistadas.

Lula – 32%

Jair Bolsonaro – 22%

Ciro Gomes – 3%

Sergio Moro – 3%

João Doria – 1%

Marina Silva – 0

Eduardo Leite – 0

Datena – 0

Brancos, nulos e abstenções – 13%

Não sabem/não opinaram – 25%.

A pesquisa aconteceu entre os dias 22 e 24 de novembro e o Ipespe entrevistou, por meio de telefone, mil pessoas. De acordo com o instituto, a amostra representa o eleitorado brasileiro, de 16 anos ou mais, de todas as regiões do país, com cotas de sexo, idade e localidade, além de controle de instrução, renda e recall do voto presidencial de 2018.
O percentual de confiança na pesquisa é de 95,5% e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos.
Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

publicidade

‘Não tenho medo de cara feia’, diz Sergio Moro durante entrevista se referindo a Lula e Bolsonaro

Uma notícia tem causado muitos comentários nesta sexta-feira (26), sobretudo no meio político. A entrevista do ex-juiz Sergio Moro à Rádio Banda B, nessa quinta-feira, mexeu com os ânimos em razão do que foi dito por ele ao afirmar que “não tem medo de cara feia”, se referindo a Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Em relação aos políticos que habitam os extremos: primeiro, não tenho medo de cara feia. Tenho uma carreira na qual tive caso envolvendo líderes do crime organizado, processo contra um dos mais notórios criminosos do Brasil, Fernandinho Beira-Mar“, destacou.

Sergio Moro disse ainda que as pessoas que optam por apoiar os “extremos” são enganadas por mentiras. “Eles acabam se apegando a certas ilusões. Muitas pessoas admiram extremos e têm dificuldade de aceitar que eles são ruins“, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

publicidade

Pesquisa: Em possível segundo turno, Moro é o candidato que mais se aproxima de Lula, deixando Bolsonaro em terceiro

A pesquisa eleitoral realizada pela PoderData e divulgada nesta quinta-feira (25) revela que o ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro é o candidato que mais ameaça uma possível vitória do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva em um segundo turno.

Caso as eleições acontecessem hoje e tivesse um segundo turno, Moro ficaria apenas a 17 pontos percentuais atrás de Lula, que bateria 48%. O ex-juiz receberia 31%.

Veja os possíveis cenários de segundo turno:
Lula 48% contra Moro 31%
Lula 54% contra Bolsonaro 31%
Lula 47% contra Doria 24%
Lula 50% contra Leite 20%
Lula 53% contra Pacheco 14%

A pesquisa foi realizada por telefone entre os dias 22 e 24 de novembro, em parceria com o Grupo Bandeirantes, com 2.500 entrevistas em 459 municípios, nos 26 estados e no Distrito Federal. O levantamento possui margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

publicidade

Sergio Moro diz em entrevista que ao prender Lula em 2018 o poupou da derrota nas últimas eleições

A entrevista do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) nessa terça-feira (23) à CNN Brasil, deu o que falar. Sergio Moro com certeza não é alguém que o ex-presidente Lula gostaria de ver pela frente e para completar, Moro disse que livrou o petista da derrota nas eleições de 2018 contra o presidente Jair Bolsonaro.

“O ex-presidente insistiu na sua candidatura em 2018 quando estava inelegível. E, no fundo, ele foi poupado de uma derrota, porque havia na memória das pessoas muito claro não só esses modelos de corrupção do Partido dos Trabalhadores, mas a grande recessão de 2014 a 2016, as pessoas se esquecem. E as sementes dessa recessão foram plantadas durante o governo Lula”, comentou o ex-ministro. Mas não é só isso…

Moro defendeu as sentenças que proferiu contra o ex-presidente Lula e negou que tenha havido perseguição política. O ex-juiz foi considerado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), para julgar o caso envolvendo o petista. Os processos foram anulados pelo STF com a alegação que o ex-juiz Sergio Moro era ‘suspeito’ para julgar o caso.

O ex-juiz se filiou ao Podemos no último dia 10 de novembro e mostrou interesse em concorrer à presidência da República no ano que vem. Na última pesquisa eleitoral feita pelo instituto Paraná, Sergio Moro apareceu em terceiro lugar nas intenções de voto, atrás de Lula e Bolsonaro.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

publicidade