Advogado se apresenta como delegado e humilha senhora de 85 anos: “Leva pro lixo ou pro hospício”

Uma história revoltou a população nesta quarta-feira (30). Isso porque um homem, que se apresentou como delegado, teria humilhado uma senhora de 85 anos. Mas afinal, o que aconteceu?

O caso ocorreu em Brasília, no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, na última segunda. Lá, a Dona Isaura Lima Lopes, de 85 anos, atua como missionária. Ela conversa com os passageiros que passam e leva mensagens religiosas a eles, na intenção de aquecer o coração dos viajantes. Contudo, mesmo com tão boas intenções ela acabou humilhada.

A cena foi registrada pelo cantor e influenciador Higor Moraes. Higor estava próximo a Dona Isaura quando um homem chega reclamando e os interrompe. Então, demonstrando grande insatisfação com a situação, o homem teria começado a reclamar da pregação da missionária, chegando a se apresentar como delegado da Polícia Federal e criando uma situação humilhante para a idosa. Ele teria dito:

“Ela pode fazer o que quiser, mas que não incomode os outros… Leva pro lixo ou pro hospício. Sou delegado da Federal e sei jogar no lixo ou no hospício Mas para ficar ouvindo essa merda, não. Nós estamos aqui em um ambiente público!” Mas não é só isso.

Desmentido pela PF

Além disso, descobriu-se que o homem não é delegado e sim um advogado. Contudo, a polícia Federal afirmou que ele não ocupa nenhum cargo na instituição e que ele deve responder pelo que disse:

“Diante da confirmação oficial, por parte da Polícia Federal, de que o cidadão que afrontou a senhora idosa não faz parte dos quadros da carreira, haverá a partir de agora a busca pela sua devida identificação para que responda na justiça pelos danos causados à imagem de todos os membros da categoria.”

Agora, as autoridades estão investigando o caso, mas já se sabe que ele é funcionário público de uma outra esfera.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Senhora que enfartou após ser acusada injustamente de furto precisará passar por cirurgia

Nesta terça-feira (1), chegaram mais informações sobre a história da senhora injustiçada. Ela foi acusada injustamente de furto em um grande mercado enquanto fazia compras com a família, começou a passar mal e enfartou. Então, agora ela também precisará passar por uma cirurgia.

Milta de Jesus, de 75 anos, viveu uma experiência que nenhum idoso deveria viver. A senhora acabou acusada de roubar um chinelo de borracha quando fazia uma longa lista de compras com a família. Funcionários teriam acusado ela do furto, gritando e criando uma situação humilhante na frente dos todos os presentes. Segundo os familiares, até os seguranças foram chamados para gerar intimidação. Além do grande desconforto, isso afetou a saúde de Mirtes, que precisou ser internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) após ter um infarto.

Então, na manhã da última terça-feira, a idosa começou a passar por uma preparação para uma cirurgia. Isso porque o trauma do infarto gerou a necessidade da realização de um cateterismo na idosa. A partir desse procedimento, os médicos farão uma melhor avaliação das condições cardíacas de Milta, realizando assim um tratamento mais efetivo. Entenda o caso por completo Leia Mais.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.