Salvador: João Henrique e ex-secretário Barcelar, terão de devolver R$47,7 milhões por desvios na educação

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (20). O ex-prefeito de Salvador, João Henrique Barradas Carneiro e o seu secretário de Educação, Cultura, Lazer e Turismo (Secult), na época, João Carneira Barcelar Batista, terão de devolver R$47,7 milhões aos cofres públicos de Salvador, por causa de desvios de recursos e outras irregularidades.

Entenda: Durante os anos de 2011 e 2012 a prefeitura de Salvador tinham um acordo de R$115 milhões com a ONG Fundação Pierre Bourdieu. Porém, um relatório de auditoria apontou que houve irregularidades e desvios de recursos em convênios celebrados com a fundação. Dessa forma, João Henrique e João Carneira foram julgados e além da devolução do valor citado acima, eles terão de pagar uma multa de R$50 mil.

Mas estas não foram as únicas irregularidades. Ainda houve “Direcionamento na escolha do convenente para formalização dos instrumentos de cooperação técnica; utilização incorreta do instrumento de convênio para a realização de cooperação técnica com uma Organização não Governamental; ausência de documento comprobatório de notificação à Câmara Municipal relativo às celebrações dos Convênios; ausência de documentos obrigatórios à celebração dos convênios; fraudes na documentação fiscal na ordem de R$14.289.458,81; comprovantes de despesas apresentados com irregularidades na Autorização para Impressão de Documentos Fiscais – AIDF; e contratação de pessoal, mesmo após a denúncia do convênio”.

João Carlos Barcelar, por sua vez, nega qualquer tipo de atos impróprios durante a sua gestão. “A minha passagem pela Secretaria de Educação é reconhecida e aplaudida até hoje, principalmente pelos professores e pais de alunos. Quando for notificado, me defenderei tranquilamente”, disse ele.

 

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade

“Já passou da hora da OMS ver o Brasil com a gravidade que ele representa”, diz secretário Fábio Vilas Boas em entrevista sobre a pandemia

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (06). Fábio Vilas Boas, secretário estadual de Saúde, chamou a atenção ao afirmar em entrevista que a Organização Mundial de Saúde (OMS) já passou da hora de enxergar com seriedade a pandemia no Brasil, que ameaça o planeta.

 

“Nosso país está muito atrasado na vacinação. Nós somos uma ameaça para a humanidade, somos um caldo de cultura de vírus. Quanto mais vírus circula, infecta as pessoas, maior a chance de um processo de replicação das células. E assim, surgir uma nova variante que venha a ser mais agressiva — ele sempre muda para pior — ou escapar da vacina e jogar todo esforço, que foi feito agora no mundo inteiro, fora. Precisamos, de todas as formas, acelerar o processo de vacinação e interromper a transmissão”.

 

No fim, o secretário ainda alertou para a alta persistente de casos em jovens. “O número de jovens infectados é cada vez maior. Hoje, mais da metade das pessoas internadas tem menos de 50 anos. E a faixa de 30 a 39 anos teve um crescimento de 400% na taxa de contágio. Além disso, esse vírus têm afetado os jovens e de uma forma mais agressiva — em torno de 10 dias de doença a pessoa da baixa no hospital e já vai direto para suporte respiratório”, finalizou o secretário.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade

Daniela Mercury responde secretário Fabio Vilas-Boas e internautas suspeitam de indireta à Ivete Sangalo

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (30). A cantora Daniela Mercury também respondeu ao Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, que na semana passada cobrou engajamento dos artistas no combate à covid-19.

Para Daniela, é preciso que cobrar das autoridades resoluções contra o vírus e que a classe artística deve seu poder de influencia para alertar a sociedade.

“Entendo que devemos nos unir na luta contra o coronavírus. Todos os artistas e a sociedade devem agir juntos apoiando as secretarias de saúde e cobrando do gov federal vacina para todos.Temos um grupo que já apoia, mas precisamos de 100% de adesão! VOCÊ precisa colar na gente!”, disse Daniela

“E quando digo pra VOCÊ colar com a gente, estou convidando os artistas e a sociedade a se juntarem a mim e às secretarias de saúde dos seus estados nessa luta contra o coronavírus! Precisamos estar unidos. Precisamos lutar JUNTOS!”, completou.

“Há momentos em que ficar em silêncio é mentir. Pois o silêncio pode ser interpretado como aquiescência.”Miguel de Unamuno,reitor da universidade de Salamanca,no início da guerra espanhola opondo-se ao grito “VIVA A MORTE”, “ABAIXO A INTELIGÊNCIA”dos seguidores do ditador Franco”, finalizou a cantora.

Segundo os internautas, a caixa alta foi uma indireta a Ivete Sangalo, que também respondeu ao secretário no domingo (28). Porém, Ivete discordou de Fábio ao pedir respeito. Na publicação, Ivete respondeu ao político:

“Boa tarde, sr Secretário de saúde da Bahia Fábio Vilas Boas. Venho por meio dessa rede social, a qual o Sr utilizou para revelar o quanto pouco me conhece e o quanto pouco conhece a cerca da maneira que trabalho e da forma que realizo as atividades as quais me disponho. Não o conheço. Me respeite!!. O Sr definitivamente desconhece os meus feitos. Aplique as suas impressões a ações que são da sua responsabilidade. Pratique isso com os seus, em busca de resultados para aqueles que o colocaram nessa posição, Trabalhe para o povo!”

Mas não foram somente as duas artistas que o secretário cobrou posicionamentos. Ele também citou o jogador Neymar, a cantora Cláudia Leite e o apresentador Luciano Huck. Mas, cerca de uma hora depois da publicação o secretário apagou e pediu desculpas.

“Se fui mal interpretado, peço desculpas. Nessa luta diária contra esse inimigo invisível, trabalhamos incansavelmente para salvar vidas, porém, infelizmente, cerca de 15 mil baianos morreram. Nesta batalha diária em prol da vida, busco a união e solidariedade de toda a sociedade”.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Regional.

publicidade

Secretário Fábio Vilas Boas garante prioridade do Nordeste no recebimento da vacina da Sputnik V

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (16). O O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boa, em entrevista hoje a Rádio Metropolés, falou sobre a compras das 37 milhões de doses da Sputnik V e como será distribuída pela região Nordeste. Leia agora os trechos da entrevista:

“Essa é uma vitória da Bahia mas é uma vitória em particular do governador Rui Costa, que em agosto do ano passado iniciou as tratativas com o governo russo. Ele é o grande responsável por nós termos conseguido viabilizar esse contrato de aquisição com Gamaleya, com o fundo russo. Essas vacinas servirão pra acelerar o processo de vacinação dos grupos de risco da Bahia. Elas chegarão numa quantidade programada para, nos próximos 90 dias, haver um aumento significativo da velocidade de vacinação das pessoas com mais de sessenta anos, dos profissionais da área de educação e da área de segurança. Esse é o objetivo”

“Essas vacinas serão divididas com os estados do Nordeste, portanto são 37 milhões das quais a Bahia terá 27%, em torno disso. Em reunião com o ministro Pazuello, ficou acertado que a União irá incorporar essas vacinas ao Plano Nacional de Imunização e que irá ressarcir os estados dessas despesas”

O que fica então de vantagem pro estado em estar comprando as 37 milhões: primeiro, são 37 milhões de doses que não estavam previstas antes. Foi uma conquista do governo, do governador Rui Costa, injetar 37 milhões de doses no BNI. E segundo, essas vacinas irão chegar para os estados adquirentes antes dos demais estados do Brasil. É como se nós tivéssemos antecipado o quantitativo global de vacinas que seria aplicado durante um ano, um ano e meio. A gente puxou pra cá e antecipou essa quantidade de vacinas. Portanto, o nosso povo, o povo do nordeste, vai receber as vacinas mais acelerada que os demais estados. As vacinas virão para a população do nordeste, dos estados que viabilizaram essa aquisição, e não para os demais estados do Brasil”, afirmou Fábio Vilas Boas

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

publicidade