Suzane, Anna Jatobá e Elize Matsunaga deixam presídio em saidinha temporária e devem retornar na próxima segunda-feira (20)

Uma notícia tem gerado muitos debates nas redes sociais nesta terça-feira (14). O Poder Judiciário autorizou Suzane Von Richthofen, Anna Carolina Jatobá e Elize Matsunaga a deixarem a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, SP, em razão do benefício da ‘saidinha temporária’. As mulheres deixaram o presídio quase que ao mesmo tempo nesta terça-feira, e devem retornar à unidade prisional na próxima segunda-feira (20).

Suzane cumpre pena por tirar a vida dos pais em 2002. Já Anna Carolina pela morte da enteada Isabella Nardoni em 2008. Elize Matsunaga está presa por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga em 2012.Elize exibiu um cartaz com uma mensagem para a filha antes de deixar o presídio e entrar em um táxi: ‘Te amarei além da vida’. A menina vive sob a tutela dos avós paternos e não tem contato com a mãe. As detentas deixaram o presídio usando máscaras de proteção contra o coronavírus.

O benefício da ‘saidinha temporária’ é dado a presos que tenham bom comportamento e que já cumpriram uma parte da pena e fazem parte do regime semiaberto. As detentas ainda deverão se beneficiar com uma saidinha temporária que acontecerá entre o natal e ano novo, conforme calendário estabelecido pela justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Susane Von Richthofen e mais duas detentas, foram beneficiadas com uma “saidinha ” temporária, até o dia 24 de maio

Uma notícia está sendo destaque nesta semana. Pois Suzane Von Richthofen, que foi condenada por matar os pais em 2002, saiu da prisão nesta terça-feira (18). Ela foi beneficiada por uma “saidinha” temporária. E deve ficar em liberdade até o dia 24 de maio, retornando para a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier em Tremembé (SP).

Segundo o portal Metrópoles, Suzane deixou a penitenciária feminina por volta das 8h25 da manhã, assim como outras presas. Richthofen estava usando máscara para se proteger da Covid-19, e se encontrou com uma mulher assim que deixou a unidade.

Em 2015, Suzane conseguiu progressão do regime fechado para o semiaberto. Em março de 2016 ela foi beneficiada com  a saída temporária de Páscoa.

De acordo com o portal, Além de Suzane, outras detentas também tiveram o direito à saída temporária, são elas, a Anna Carolina Jatobá, que foi condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni, e Elize Matsunaga, que foi condenada por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, todas deixaram o presídio temporariamente, nesta terça-feira (18).

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.