‘Golpe do motoboy’: entenda como cinco blogueiras foram do luxo à cadeia

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste sábado (10). Cinco mulheres foram presas em flagrante pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, acusadas de estelionato e organização criminosa. As mulheres enganavam as vítimas aplicando o chamado ‘‘ Golpe do Motoboy’’. As jovens ostentavam uma vida de luxo e ‘‘good vibes’’, com uma delas possuindo mais de 13 mil seguidores nas redes sociais.

As golpistas entravam em contato com as vítimas se passando pela administradora do cartão de crédito e conseguiam dados do cartão de crédito das vítimas. Uma mulher envolvia a vítima e falava sobre irregularidades em compras feitas no cartão de crédito ao passo que solicitava alguns dados para resolver a situação. Em seguida mandava um motoboy até a residência da vítima para pegar o cartão.

Foram presas além de Anna Carolina de Souza Santos, Mariana Serrano de Oliveira, Yasmin Navarro, Rayane Silva Souza e Gabriela Silva Vieira. Anna Carolina se descreve como influenciadora e empreendedora da vida real e Mariana Serrano participou de um clipe. Mas não é só isso.

A juíza Mariana Tavares Shu, da Central de Audiências de Custódia, nessa sexta-feira (9) converteu a prisão em flagrante da quadrilha em prisão preventiva. Com esta decisão as mulheres ficam presas preventivamente sem prazo enquanto durarem as investigações.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Influenciadora com mais de 13 mil seguidores é presa no Rio por integrar quadrilha de estelionatárias que roubava dados de cartões

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (10). Policiais do 40ª DP, em Honório Gurgel, prenderam nessa quarta-feira (7) Anna Carolina de Souza Santos, influenciadora e empreendedora nas redes sociais, mas que pertencia a uma organização criminosa. Foram presas em flagrante pelos agentes, além de Anna Carolina, outras quatro amigas acusadas de estelionato e organização criminosa.

A prisão de Anna Carolina, Yasmin Navarro, Mariana Serrano de Oliveira, Rayane Silva Sousa e Gabriela Silva Vieira, aconteceu em um apartamento no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, no local funcionava uma ‘‘central de telemarketing’’ que era o meio usado para cometer os crimes.

As criminosas entravam em contato com as vítimas se passando pela administradora do cartão de crédito e conseguiam dados do cartão de crédito das vítimas. Uma golpista envolvia a vítima e alertava sobre irregularidades em compras feitas no cartão e solicitava alguns dados para solucionar o problema. Na sequência mandavam um motoboy até a residência da vítima para pegar o cartão.

Com o cartão da vítima nas mãos e os dados bancários, as golpistas faziam compras, saques, pix e até empréstimos. No momento em que era efetuada a prisão, duas das suspeitas estavam em ligação ativa com suas vítimas. Além das cinco pessoas presas na operação, foram apreendidos celulares laptop´s, máquinas de cartão de crédito que serão periciadas pela polícia.

O advogado Norley Thomas Lauand, que representa Mariana Serrano de Oliveira e Gabriela Silva Vieira, negou o envolvimento delas e disse que suas clientes moram em São Paulo e estavam como hóspedes no apartamento que pertence a Yasmin Navarro.”Elas estavam com passagem comprada para voltar hoje (sexta-feira) para São Paulo. Não têm nada a ver com isso. As famílias estão desesperadas”, contou Lauand.

A defesa de Anna Carolina nega participação de sua cliente e repudia as acusações.”Ao longo do instrução criminal, sua inocência será provada. A mesma possui ocupação lícita, residência fixa e bons atecedentes, razão pela qual será impetrado o recurso cabível para sua soltura”, contou o advogado Daniel Sad, que defende a influenciadora.

 

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Homem reclama com tráficantes que barulho não deixava a filha dormir e é morto a tiros no quintal de sua casa

Homem reclama com tráficantes que barulho não deixava a filha dormir e é morto a tiros no quintal de sua casa

Uma notícia está sendo destaque nesta semana. Isso porque, um homem, identificado como, Thiago Freitas de Souza, teria reclamado com traficantes na Favela Santo Cristo, que o barulho que eles estavam fazendo não deixava a filha dormir. Em seguida os criminosos atiraram contra ele. O caso aconteceu em Niterói, no Rio de Janeiro.

Segundo o portal G1, a mulher contou que seu esposo teria saído de casa para pedir aos traficantes que reduzissem o barulho, pois a filha não estava conseguindo dormir.Mas como não adiantou, o marido retornou e foi novamente ao local, foi neste momento, que mulher ouviu barulho de disparos de tiro e já encontrou o seu marido no chão do quintal da casa do casal.

Ainda de acordo com a mulher, o marido foi encaminhado para o hospital Azevedo Lima, Thiago chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

De acordo com o portal, policiais Militares fizeram uma operação na favela Santo Cristo, na última sexta-feira(15). O a morte do pai de família está sendo investigado pela (DHNSG) Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Witzel sofre impeachment e não é mais governador do Rio de Janeiro; A decisão foi unanime

Uma notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (30). O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC),sofreu impeachment na tarde de hoje. O Tribunal Especial Misto (TEM), que foi formado para julgar processo de impeachment do governador, que já estava afastado, obteve votos suficientes para afastá-lo definitivamente do cargo.

O tribunal é formado por desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e parlamentares da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Ao total, foram 10 votos, todos a favor do impeachment, mas somente 7 votos eram precisos para que a decisão fosse definitiva.

Agora, ele ficará inelegível por 5 anos e terá o cargo assumido definitivamente pelo seu vice – que já estava atuando nesse período de afastamento- Claúdio Castro. Cláudio também assume o Palácio Guanabara.

Witzel é investigado por crime de responsabilidade e corrupção na condução da pandemia, segundo uma acusação de que ele havia uma caixinha de propina paga por Organizações Sociais (OSs). Para a CNN, Witzel elegou ter sido “injustiçado”.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.