Após afastamento, quadro de saúde de Renata Vasconcellos é esclarecido

Neste sábado (17) um caso retornou às manchetes. Trata-se do afastamento da apresentadora e jornalista Renata Vasconcellos.

Aos 49 anos, Renata precisou deixar a bancada do Jornal Nacional na última semana. De acordo com informações preliminares, ela estaria com uma forte gripe, o que deixou seu público preocupado. Então, não demoraram a surgir rumores de que a apresentadora estaria com coronavírus. Diante disso, a Globo se manifestou para esclarecer a história.

A assessoria de imprensa desmentiu que Renata estaria com a doença. Em nota à Quem, foi relatado:

“Renata Vasconcellos estava se recuperando de um resfriado. Ela seguiu todos os protocolos de segurança e a previsão é que já retorne nos próximos dias”. Mas não termina aí.

Renata já recebeu uma das doses da vacina contra o coronavírus e fez questão de exaltar o fato no Jornal Nacional. Na ocasião, Renata afirmou:

“Viva o SUS. Uma dose de respeito”, escreveu no Instagram. “Emoção… Boa semana a todos! Vacina boa é vacina no braço. Todas as vacinas aprovadas pela Anvisa são seguras. Todo mundo quer vacina para se proteger”, declarou. Hoje eu estou feliz da vida, porque hoje eu me vacinei. Primeira dose, é verdade, ainda falta a segunda. Tá anotadinho na minha agenda, segunda dose em setembro[…] E o sentimento é esse: um sentimento de gratidão pelo trabalho incansável e muito honrado dos profissionais de saúde do SUS, e a consciência desse horror que a gente está vivendo na pandemia, mas vai passar. Porque também estamos atentos e vigilantes.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Bonner dá recado sobre mudança e Renata Vasconcellos chora ao encerrar edição do Jornal Nacional

Um ocorrido continua chamando a atenção nesta sexta-feira (11).

William Bonner cumpriu o prometido e realizou um anúncio nesta quinta-feira (10) no Jornal Nacional. Se trata do lançamento de uma campanha emocionante que retrata a realidade dos jornalistas.

“A partir de hoje, nos intervalos da programação, a Globo vai dividir com você alguns momentos da intimidade de nós, jornalistas. Algumas conversas que tivemos fora do ar, longe dos olhos e dos ouvidos do público que acompanha as notícias na Globo, no G1, na CBN, nos jornais O Globo, Extra e Valor Econômico. Você vai ouvir mensagens de áudio de celular que nós trocamos com parentes nossos, com as nossas famílias.”.

O âncora do JN contou que serão exibidas conversas pessoais dos jornalistas com seus parentes, que mostram a luta diária dos profissionais para levarem notícias com credibilidade para o público, notícias essas que são vivenciadas pelos próprios jornalistas todos os dias.

O motivo dessa iniciativa é a onda de notícias falsas e tentativas de descredibilização que o jornalismo vem sofrendo em tempos difíceis.

Em seguida, o telejornal rodou um vídeo mostrando um jornalista da casa avisando aos pais que precisaria ficar mais uma semana sem vê-los, após 1 ano sem visita devido à pandemia da covid-19. Na conversa, o profissional pede para os pais segurarem mais um pouco para fazerem a visita, já que finalmente tomariam a segunda dose da vacina.

Renata Vasconcellos, aniversariante do dia, chorou ao encerrar com uma fala sobre o jornalismo.

Bonner havia prometido mais cedo, em suas redes sociais, que faria um anúncio mas o conteúdo era segredo e “surpresa”.

A situação causou ansiedade nos telespectadores e internautas que colocaram o nome do jornalista entre os assuntos mais comentados do Twitter, na expectativa pelo anúncio, muitos acreditando até que ele poderia anunciar a aposentadoria.

Com textos e informações do Portal do Holanda

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Renata Vasconcellos, do Jornal Nacional, entra ao vivo para comunicar decisão inédita na história recente do Brasil

Nessa segunda-feira (8), um plantão interrompeu a usual programação para chamar a atenção do povo. No comando do informativo, a jornalista Renata Vasconcellos trouxe as informações preliminares de uma importante pauta.

A renomada jornalista Renata Vasconcellos trouxe à tona uma situação inédita na história recente. Num plantão jornalístico da tarde de hoje, Renata falou sobre a nova decisão que fez o ex-presidente Lula voltar a ser elegível. Ela afirmou:

“O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou, nessa segunda-feira, todas as condenações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela Justiça do Paraná, relacionadas às investigações da operação lava jato. Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do Triplex, do sitio de Atibaia e do instituto Lula. Essa decisão atinge o recebimento de denúncias e de ações penais. Com a decisão, o ex-presidente Lula volta a ser elegível. Você terá, com clareza, todos os detalhes ao longo da programação a qualquer momento e no Jornal Nacional.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Polícia intima apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos a prestar depoimento

Nesse sábado (5) uma história inusitada tomou as manchetes. Isso porque dois queridos jornalistas e apresentadores acabaram intimados pela polícia. Mas afinal, o que aconteceu?

Uma das maiores duplas do jornalismo brasileiro terá que prestar depoimento. Os apresentadores do Jornal Nacional, William Bonner e Renata Vasconcellos, receberam uma intimação da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Então, agora eles devem depor sobre o suposto crime de desobediência depois de publicações sobre a investigação de supostos esquemas de “rachadinhas” no caso envolvendo Fabrício de Queiroz. A emissora recebeu uma proibição judicial e não poderia publicar dados sigilosos sobre o Caso Queiroz. O caso em questão trata-se da investigação de supostas “rachadinhas” realizadas no gabinete da Assembleia Legislativa do RJ (Alerj) de Flávio Bolsonaro. Mas não é só isso.

De acordo com o portal UOL, o delegado Pablo Dacosta Sartori já emitiu os mandados de intimação aos jornalistas. Agora, eles devem prestar depoimento sobre o que aconteceu e sobre a suposta “desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito”. Além disso, há alguns meses, a emissora teria se pronunciado sobre a proibição da Justiça. Para ela, se trata de um caso de cerceamento à liberdade de informar, já que a investigação e o caso são de interesse da sociedade como um todo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.