Bolsonaro chama Randolfe de “bosta” e afirma em conversa telefônica que sairia “na porrada” com o senador

O presidente Jair Bolsonaro volta a se envolver em polêmica nesta manhã de quinta-feira (15). O chefe do executivo afirmou em ligação com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) que o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) é um “bosta” e que teria  de “sair na porrada” com o parlamentar.

A conversa foi divulgada por Kajuru, que já havia divulgado trecho anterior da conversa que Bolsonaro pressiona por mudanças na CPI.

Assim, Kajuru afirmou, em entrevista, que não divulgou previamente este trecho da conversa  em que o presidente ataca diretamente Randolfe por respeito ao colega.

Ainda de acordo com Kajuru, Bolsonaro tinha ciência que a conversa estava sendo gravada.

“Eu não tinha divulgado essa parte para preservar um colega senador. Era desnecessário, na minha opinião. De graça. Tem inimizade entre eles? Tem, Randolfe é líder da oposição. Mas eu achei que o melhor para os dois era essa parte não ser colocada. Não tinha nada a ver. Era um desabafo. Mas ele quis o restante, então coloquei. Pronto, acabou.”, afirma o senador.

No entanto, o presidente afirmou que não sabia que estava sendo gravado em pronunciamento na última segunda-feira (12). “Eu fui gravado em uma conversa telefônica, tá certo. Olha a que ponto chegamos no Brasil”, afirmou Bolsonaro.

“A gravação é só com autorização judicial. Gravar o presidente e divulgar? Só para controle, falei mais coisas naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte.”, concluiu.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade