Pastor se recusa a pagar conserto de R$10 e é morto com mais de 10 tiros dentro de casa

Um pastor de uma igreja evangélica foi morto junto com uma outra pessoa em Palmas, sul do Paraná, por uma briga gerada por causa de R$10.

Entenda o caso: Na noite da última sexta-feira (21), o pastor se envolveu em uma  confusão por conta da rede elétrica da igreja. Segundo a PM, os prédios da região possuem os chamados “gatos” de energia e em determinado momento, o sistema parou de funcionar na igreja, que é ligada a casa do pastor.

Sem energia, o pastor então procurou um homem para fazer o conserto e foi cobrado R$10. O pastor, no entanto, se recusou a pagar e uma confusão se iniciou. Com a discussão, outras pessoas tentaram intervir.

Revoltado, o morador que realizaria o serviço saiu e voltou com dois irmãos, que atiraram no pastor e nas pessoas em frente à igreja. Nessa confusão, quatro homens, de 21, 22, 25 e 32 anos, foram baleados, sendo que o de 25 anos morreu.

O responsável pelos disparos também foi atingido com uma bala no abdômen e foi socorrido. No hospital, recebeu voz de prisão. Já durante a madrugada deste sábado (22), quatro homens encapuzados foram a casa do pastor e tiraram a vida dele com 10 tiros.

A população local ficou revoltada com tamanha violência e queimou a casa de um dos suspeitos do assassinato do pastor.

O caso segue investigado.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.